segunda-feira, 24 de maio de 2010

Quero um amor...

Hoje, ao ligar a MTV estava passando o clipe de uma música chamada "Segredo", cantada pelo Frejat...Pensei:"Poxa! como as músicas e os poemas são preciosos! Eles são capazes de traduzir uma mensagem que conscientemente, ainda não estáo presente em nós."
E a minha surpresa ao ler "Livro de  Guardados" de Angelo Cabeza...meu primeiro e-boock?   Lindo,  maravilhoso. Parece que esta foi  uma daquelas semanas, onde você ganha tudo que é de especial: palavras e gestos  de pessoas que valem a pena serem lidos. escutados...visitados.
Pois é. Adoro  segunda-feira esta é  do jeitinho de  um céu bem Azul. Da cor  do seu avatar. Luma  deixou um recado lindo para mim no Twitter: "Escureci a letra do blog para seu conforto visual." Pode ter  delicadeza maior do que esta? Obrigada, amiga. Você é uma das minhas  melhores descobertas deste mundo virtual.
E  tem mais: ouvir Monica Montone  em "Te amo de amor", poder votar em sua música, ler seus textos...Não tem preço mesmo. São aqueles acontecimentos em cadeia ou em ondas...
Que fazem com que agradeçamos aos céus, por estarmos vivos e podermos  compartilhar  com vocês...


Uma boa semana para todos.
Beijos.
Anny(@Annyllinha)

*Crédito para a foto de R.O (São cerejeiras na primavera do Japão)

sábado, 22 de maio de 2010

Comidas mágicas...

Hoje o dia está cinza. Vejo pela fresta da janela. Então para alegrar, vamos conversar sobre comidas que podemos chamar de mágica? Elas fizeram e fazem diferença, a partir do momento em que as conhecemos. Assim como as pessoas. Sabem como é?
Então vamos a uma comida mágica que descobri, lendo  como não quer nada pelas revistas  do supermercado.Gente, confesso que não acreditei. Revistas apostam nos desejos inconscientes, conscientes,  escondidos debaixo de 200 pedras. Elas vão lá e deixam à mostra nosso desejo ao vivo e a cores para todo mundo ver...
E o meu estava lá. Não resisti. Comprei a danada da revista. Não acreditei muito, mas fiquei com vontade de testar. Cheguei em casa e fui logo mostrando para minha vizinha. Ela que gosta de novidades  com relação a alimentação, achou uma  maravilha. Pediu emprestado. Não tive coragem de negar. Aí, ela emprestou para a filha. A filha emprestou para as amigas e eu sem ler a  revista direito. Só tinha dado uma lidinha rápida...
Tive que ficar na casa de meu filho, 14 dias. Isto sem ir  para academia, sem caminhar e com o computador enguiçado. Nossa, fazer o que? Esperar o tempo passar e rezar para não engordar. Ah, sem saber direito, como era o tal "Igogurte que tira barriga". Pois foi este o  nome que me ipnotizou. Claro, quem não quer saber de uma mágica, assim?
Bom, meu filho voltou e  por estar fazendo alguns exames médicos, não fui malhar. Só caminhei na Lagoa dos Frades. Reparei que não tinha engordado. Ops! Como podia ter acontecido isto? Lembrei que continuei a minha comidinha adotada, logo depois da "lidinha rápida", no artigo da revista. Qual? Comer iogurte 03 vezes ao dia. Sem mais complicação. Claro que adorei. Peguei a revista com a vizinha e fui verificar direito. Uma mágica dessas precisa ser dividida. Não é mesmo?
O nome da revista: Viva!  www.vivamais.com.br
Lá tem  uma reportagem  que uma nutricionista fez. Incrementada com outras receitas. Um cardápio para quem gosta...
Os beneficios são imensos."Além disso a dieta com  as três porções de  iogurte  foi duas mais eficiente  na manutenção  da massa muscular magra. Isso sinifica que as pessoas perderam  gordura - e não músculos."
Esta foi a minha contribuição hoje.Espero que gostem da dica.


Beijos.
Bom fim de semana!
Anny.(@Annyllinha)

terça-feira, 18 de maio de 2010

Paixão emagrece, amor engorda?...

Ontem, fiquei olhando a chuva enquanto  almoçava.  Assim, meus olhos até podiam passear, mas  minha atenção estava no que estava fazendo: comendo uma comida deliciosa, que a Sonia Hirsch ajudou a incrementar  com suas  receitas e sugestões. Adorei o livro e resolvi  reler,  falar sobre ele  porque cozinhar ainda parece  ser um assunto que as mulheres de uma forma geral, ainda acham que é lerêlerê. Coisa que escraviza.  Não nego que também já pensei assim. E para meu próprio bem e dos meus filhos, mudei minha forma de pensar e agir. Fui convidando-os para que viessem experimentar a fazer suas comidas.Porque uma  frase muito normal sempre ouvida por elas era:"Cozinha não é lugar de criança" e  também cheguei à conclusão de que se não aprendesse a gostar de cozinhar, uma coisa era certa, todos iriam adoecer. Comida feita com má vontade e sem amor é veneno. Certo?
Bom, no livro  Sônia, em suas crônicas,  receitas e reflexões  tem um olhar especial para a comida.Conta que o amor  emagrece,  engorda. Que cozinhar  pode ser uma grande descoberta  e a simplificação é possível sim.Preguiçosos podem dizer amém, sem medo de errar...Sobre o tempero, ela nos faz salivar com suas receitas  fáceis e  criativas. Ensina que a variedade de cores dos alimentos podem ser proveitados  numa "salada de  tudo". E os doces? Ah, estes são incríveis. Só muda a forma de fazê-los e resultdo  é tudo de bom que você ainda não tinha imaginado. Os assuntos vão desfilando na sua prosa boa. Comenta sobre a memória e dá receita para turbiná-la. Passeia pelas estações e conta o que é melhor comer em cada uma delas. Ah, sobre as frutas, tudo que você deseja saber. O que mais? Bem, melhor comprar o livro. Ele vai te fazer olhar para a comida de um jeito  nunca antes pensado. Recomendo. Muito bom.  E se paixão emagrece? Pense bem. Quem quer saber de  comiida, quando  existe margaridas  a serem desfolhadas? Um desejo a ser saciado? E se ele engorda? Também...Tem solução? Claro, cada um descobre a sua  e o livro ajuda...
*Obs. Esta não é uma matéria paga. (Amém)

Beijos. 
Anny(@Annyllinha)
Boa semana!
 

sábado, 15 de maio de 2010

Falar, conversar, escrever, desenhar, pensar...

Falar, conversar, escrever, sobre: alimentos, vinhos, filmes, livros, saúde, Arquitetura, meio ambiemte, tecnologias novelas, são sempre assuntos que dão "pano para manga" ou um festival de  tamanho de letras...que podem ser discutidos em vários lugares. Blogs, butecos, cafés, Twitter e até mesmo em casa onde é possivel ouvir, ler, dar sua opinião...
E assim vejo que começa  na segunda-feira, dia 17 de  maio, a novela "Passione" na TV Globo,filmada (no início) na Toscana . Cidade italiana. A coincidência? Estou lendo um livro chamado "Sobre o Sol da Toscana" - Frances Mayes. Ed. Rocco L&PM POCKET - "A autora escreve sobre a vontade de correr riscos, morar na Itáiia, amar uma casa, apreciar uma boa mesa..." (USA Today) - Esta foi parte do comentário feito sobre o livro. Que já foi filmado e inspirou muita gente, como podem fazer os livros e os filmes...
Naturalmente que o assunto comida é amplamente descrito através de receitas e imagens com perfumes e sabores. Estou adorando o livro e com pena de que ele acabe logo. Assim leio bem devagar. Contei para uma amiga que fazia isto e ela me contou que ela também. Ops! De vez em quando acontece.
Não podemos negar que comida é mesmo um assunto onde podemos sempre descobrir um lado ainda não percebido. Afinal de  contas contas, somos o que comemos. Ou você ainda tem dúvidas? 

Vou deixar para dar receitas e falar sobre um outro livro muito bom:  "Paixão emagrece, amor engorda." Sonia Hisch - Ed. Sextante. 


Um bom fim de semana! 
Beijos.
Anny(@Annyllinha)

Observação: Esta é uma foto do por do sol tirada com a Nikon COOLPIX - 7900

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Para ser mãe...

Todos os dias me pergunto o que é preciso para ser uma boa mãe. Ainda não descobri,  mas tenho algumas pistas. Pode ser uma grande colcha de retalhos,  feita juntando todos os pedacinhos aprendidos com as dificuldades e delícias de criar os filhos.


Para ser mãe é preciso uma grande coragem para aprender todos os dias...
Amém!

YouTube

Loading...