segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Adoro segunda-feira...


E olha que a minha segunda-feira, não começou tão colorida...
Estava chovendo. Fiquei ouvindo o barulho da chuva e pensando no quanto seria ruim, chegar na academia toda molhada. Mas a chuva parou e fiquei arrasada quando olhei a hora.  Aí, meu filho me perguntou: "Quer uma carona?" Fiquei feliz. Não ía me atrasar para o Pilates...
Ah, já sei que a maioria das pessoas, não gostam. Faço parte da minoria que também ama poesia...
Quando somos adolescentes, fazer parte da minoria, não é um bom negócio. Quer dizer, ficamos em evidência. E dá um trabalhão se misturar, fazer parte da turma. Ser mais um...
Depois aceitamos nossas diferenças. Inclusive cor e corte do cabelo, que variou conforme mudança de emoções, cidades. E hoje, olho no espelho e me pergunto: "Para que tantas mudanças no visual"? São  fases que acontecem. Umas tem explicação outras nãoCrescer dói e envolve muitas escolhas. Até gostar de segunda-feira...

Uma boa semana!
Anny(@Annyllinha)

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Minha janela...


Todos nós temos janelas de onde podemos ver: a rua, outras janelas, uma parede cega, jardins, uma casa. E por aí, vão inúmeras possibilidades. Da minha janela posso ver o mar. Este aí, mostrado na foto...
Gosto de admirar as cores que o mar apresenta. Um dia bem azul e outro mais acinzentado. Na verdade, gosto de janelas. Delas posso observar a beleza da natureza. Assim uma tarde, maravilhosa, um amanhecer deslumbrante pode ser visto delas. As janelas. Penso que foi por isto que apaixonei pelo filme: "Janelas da Alma" e por tudo que foi mostrado nele...
Lembro das minhas antigas janelas. Das casas onde morei. De todas elas. Cada um com seu encanto particular. Até uma que não tinha acesso à rua, outra janela, ou mesmo uma parede...Só um pequeno vão, de onde podia ver um pedacinho do céu. E para minha felicidade, só lembro do céu azul.
Tinha uma janela que dava para a rua e bem em frente, uma estação de trem. Quando me mudei para esta casa, passei muitas noites sem dormir. O trem fazia manobras à noite e espantava o sono que ía a companhando o barulho do trem, que deslizava pelos trilhos...
Depois o barulho se acomodava e começava a fazer parte da minha rotina. Então ele ficava invisível, inaudível. Igual a tantas coisas que acontecem com a gente. Por isto não me canso de fotografar e ver as minimas diferenças que aparecem nas  minhas janelas...Seja uma bela árvore florida, uma folha que o vento deixou no chão. Vou observando os detalhes enquanto volto para casa, depois de uma caminhada ou na volta de ônibus. Há sempre um canto novo, para visitar com os olhos ou com o tamanho da curiosidade deles...

Anny(@Annyllinha)

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

E hoje é sexta-feira 13...



E o mar está azul marinho. Tal qual Caetano Veloso descreveu em seu texto, "Ainda cá", publicado dia: 08/01/2012 - domingo no jornal "A Tarde"...
E quem se importa se hoje é sexta? Acabei de olhar pela janela. O mar está mesmo um azul de aquarela...
É a cor do mar de Salvador.
Fiquei pensando nisto, desde que li o texto. Então tem gente que espia a cor do mar. E é mesmo impressionante. Claro que não é todo dia, que ele está assim. Mas quando acontece, não dá para ignorar. Ele fica ali, insistindo. Não adianta fechar os olhos, para abri-los novamente e a mágica tenha acabado. Ele está lá, "na linha dura do horizonte marinho soteropolitano." Um presente da natureza, para ser apreciado, por quem gosta do mar. E de Salvador. Amém!


Anny(@Annyllinha)

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

E o verão chegou...

Bom dia! Este é o primeiro post de 2012. E um gatinho para comemorar. Aliás uma gatinha que mora na Academia "Corpo Livre" onde faço Pilates. E por falar em Pilates, quero agradecer a todas Fisioterapeutas que me ajudaram a ficar bem, dentro da minha própria pele...
Ah, ficar bem depende muito de nós, mesmos. Concordo, mas existem tempos que não dependem só da nossa boa vontade. Precisamos de ajuda especializada. E a Fisiotrapia aparece como escolha muito acertada. Bom, todos sabem que Pilates é feito com o auxilio luxuoso (como diz Leda Nagle) de Fsioterapeutas e elas fazem a maior diferença, quando amam o que fazem. E foi assim que encontrei pessoas muito dedicadas e conscientes de seus trabalhos. As  profissionais que trabalharam comigo até hoje: Pricila Alcântara , Talita Garcia, Flávia Rezende e as fisioterapeutas que trabalham na Bios (uma clínica que fica no Bairro Costa Azul). Agradeço a todas elas e desejo um Feliz 2012!

E um Verão iluminado. Amém!

Anny (Annyllinha)

YouTube

Loading...