sexta-feira, 31 de julho de 2009

Escrever...escrever...


Escrever...escrever...

Uma compulsão. Escrevo demais. Não posso ver um pedaço de papel em branco e quando não tem papel vai mentalmente mesmo. Assim enquanto lavo pratos, passo roupas, faço comida, vou inventando textos...
A maioria é esquecida. Fica só na conversa interna. Sem rascunho ou croqui. Ah, não existe croqui para escrita? Então vamos dizer esquema. Pois não tem.
Mas como ia dizendo, escrever me acalma, faz com que meus pontos de vista sejam ampliados ou mudem de acordo com minha necessidade. Pensar mais é uma delas...
Faço os meus rascunhos iniciais em velhas agendas e adoro uma caneta. Antes adorava uma Bic, mas ela ficou ruim. Comprava não sei quantas e nenhuma funcionava. Mudei a marca e não adiantou. Cheguei ao ponto de ficar pedindo aquelas canetas de propaganda. Só elas funcionavam, quer dizer, escreviam.
Você imagina a situação: a mesa cheia de canetas que não escrevem e eu querendo escrever a pulso. Desesperador...
Não sei se melhoraram. Vou experimentar comprar mais na próxima compra de supermercado. Agora estou com uma caneta que meu filho ganhou de propaganda...
Bom, então começo a escrever. Bem no meio percebo que não era bem assim. Risco tudo e começo de novo. Mudo o assunto e lá vou eu pelas linhas afora. Mas tem dias que nem assim as palavras se unem adequadamente. Ficam rebeldes, desaforadas e inconstantes. Pode? Deve poder. Coisas de quem escreve, escreve e depois não sabe mais o que fazer com o que escreveu, e publica aqui para você ler e comentar...
E agora no Twitter, tive que aprender a ser resumida em 150 caracteres. Maior do que o de Hernest Hemingway precisou fazer escrever uma história com apenas 06 palavras. E ele conseguiu: “Vende-se: sapatos de bebês nunca usados.”
Você pode ler toda a história aqui no:
Obvious

#bjsmelinka...
@Annyllinha

11 comentários:

  1. Essa parada de escrever é complicado!
    Eu tambem tenho essa mania de ficar bolando posts sempre que estou fazendo alguma coisa "extra-curricular"..
    XD
    O twitter me matiriza!
    poskaop
    Ótimo post! Obrigado pelo RT no Twitter...

    ResponderExcluir
  2. Consegui abrir o Linha com o fed do post de hoje, acho que fica mais leve.
    Gosto de caneta Bic escrita grossa e claro que existem croquis das palavras.
    Um ótimo fim de semana Anny
    Aqui em SP finalmente não está chovendo
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Rafael:
    Obrigada pelo comentário. Pelo que pude perceber, as pessoas que escrevem seja lá o que for. Escrevem mentalmente os textos...
    Atémais.
    Anny.

    ResponderExcluir
  4. Milton:
    Então pelo feed fica mais fácil para ler. Não sabia. Obrigada pela informação.
    Pois é, também gosto da bic, mas a danada está ruim demais...
    Obrigada pelo comentário.
    Bjs.
    Anny.

    ResponderExcluir
  5. Eu tb nao fico atrás com essa estória de escrecer demais; acho que é porque fiquei muito tempo sem escrever...

    Bjus e uma linda semana

    ResponderExcluir
  6. Eu acabei por me decidir pelo lápis. Há muitos anos não uso outra coisa. Simples, direto e prático. Uma borracha ajudará muito. Quanto às palavras, elas não ficam tão simples quanto o método, mas elas são ajudadas. As palavras são incentivadas pela indecisão. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Gosto de histórias curtas e não consigo produzi-las. Bjkª. Elza

    ResponderExcluir
  8. Passando para deixar um super beijo!!

    ResponderExcluir
  9. Georgia:
    Acho que isto acontece como quem escreve...Escrever demais.
    Obrigada pelo comentário.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir
  10. Djabal:
    Adoro canetas. Lápis só para desnhar.
    Li umas entrevistas com escritores que ainda gostam de escrever a lápis.
    Obrigada pelo comentário.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir
  11. Babygirl:
    Por que não aproveitou e comentou?
    Pensei em você enquanto ecrevia este texto.
    Obrigada pelo beijo.
    Uma boa semana.

    Beijos.
    Anny

    ResponderExcluir

Seu comentário é uma forma de conversa online.
Deixe sua opnião ou questione.
Não seja anônimo!
Obrigada.
Bem vindo!

YouTube

Loading...

Noticias Via Google

Loading...