domingo, 15 de setembro de 2013

Iogurte feito em casa...


 Iogurte é uma boa opção para o café da manhã.  Já fiz de várias formas. Até que encontrei uma forma fácil e higiênica. E o melhor, não precisa usar termômetro.
Receita:
*01 litro de leite integral
*01 copinho de iogurte desnatado  
*02 colheres (sopa) cheia de leite em pó 

Modo de fazer:
Coloque o leite integral para aquecer em fogo alto.
Conte 03 minutos e desligue. Vai sair uma fumacinha branca do leite que você esquentou. Temperatura ideal.
Acrescente o leite em pó e o iogurte.
Bata  com o batedor para misturar bem.
Coloque em um vidro higienizado e tampe. Guardar.
Pode ser forno ou num lugar mais quente. Não precisa aquecer o forno se você mora num lugar onde a temperatura é mais quente.
O horário de fazer você escolhe. De noite ou e manhã.
Depois de pronto, coloque na geladeira.

*Obs. O iogurte precisa ser desnatado para não ficar amargo.
          Uso iogurte sem glúten. 
          
Bom domingo! 

Anny(@Annyllinha)

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Pão de Quinoa...



Todos os dias procuramos alimentos saudáveis. E de preferência aqueles temos prazer em fazer. Porque não são complicados para serem feitos. E vamos para a receita.

Pão de Quinoa
.04 c (sopa) Quinoa
.01 c (sopa) de linhaça triturada
.04 c (sopa) de farinha de arroz de arroz integral (bem cheia)
.01 c (café) de sal marinho

Deixar a Quinoa de molho de um dia para o outro.
Acrescentar a linhaça, a farinha de arroz integral, o sal.
E mais água. Até ficar na consistência de mingau não muito mole. 
Passar óleo de coco na frigideira  colocar a mistura e espalhando com ajuda da colher.
Tampar com a frigideira e esperar  dourar um pouco. Virar o lado.  
Servir com geleia, Tahine, requeijão cremoso, queijo branco..

Bom apetite!

Anny(@Annyllinha ;)

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Comidinhas que aquecem o coração...



Escrever sobre comida é um assunto assim. Aquece a amizade, aproxima pessoas e divide conhecimentos. Porque sobre comidas, nunca sabemos tudo. Isto é ótimo. Uma imensa colcha de retalhos ou fios e linhas coloridos que formam a trama da amizade. Um compartilhar constante, que acontece todos os dias.

Este é um dos meus sorvetes preferidos. Nunca mais pude tomar. Sumiu do super mercado, do Shopping. E continuo gostando...
Mas o assunto é comida e vamos a ela. Uma das melhores coisas que descobri ao me envolver com este assunto, foi descobrir as verduras e produtos orgânicos. Gente! E faz uma diferença! Ora se faz! Faz bem para quem consome e para o planeta, se você tem um mínimo de consciência sobre o assunto.
E qual a comidinha de hoje? Vamos ao chocolate, na forma de cacau em pó e uma fruta.

Receita: 
*01 banana prata amassada
*01 colher de café de canela
*02 colheres de chá de creme de leite 
*01 colher de chá (cheia de cacau em pó.

Amassar a banana e colocar os outros ingredientes. 
Para comer como sobremesa, para quem utiliza uma dieta (comidinha) do tipo "A combinação dos Alimentos"
Ou outra que você escolheu para chamar de sua.
Uma delícia. Se gostar, pode deixar a banana ficar gelada. Também fica ótima.
O bom de fazer a comida, é descobrir diferentes formas com o que você vê e saboreia todos os dias.Ah, e pode acrescentar Quinoa, ou Amaranto...Você escolhe.

Bom apetite! Até mais. :)

Anny(@Annyllinha)

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Uma comidinha para o lanche...


Todos os dias precisamos escolher o que fazer para a hora do lanche. Então escolhi fazer hoje um cuscuz super fácil. A única coisa mais complicada pode ser comprar um cuscuzeiro. Para quem mora na na região do norte e nordeste, não tem problema. Qualquer super mercado tem. 
Mas aqui vai a receita que foi enriquecida para ficar mais nutritiva.

Cuscuz de Milho 
.01 x de milho (tipo flocão)
.01 x de água (filtrada ou mineral)
.1/2 c (chá) de sal marinho
.01  c (sopa) de Quinoa ou Amaranto (em flocos)
.01  c (sopa) de coco ralado (seco ou não)

Modo de fazer;
Em um recipiente coloque o milho tipo flocão,  o sal, a Quinoa ou Amaranto e o coco.  Misture bem e coloque a água. Deixe de molho  10 minutos.
Em seguida colocar água na cuscuzeira e e por cima a mistura que você deixou de molho. Levar ao fogo.
Quando a água começar a ferver, abaixar o fogo e deixar 06 minutos.
Está pronto para ser servido com o cafézinho da tarde.
Bom apetite.


sábado, 18 de maio de 2013

Quando é preciso mudar o caminho...



Nem me lembro mais quando fiz minha primeira dieta. Sabe como é, mulher sempre está fazendo ou pensando em nelas. Mas estar na cozinha e saber mais sobre alimentação, este nunca foi meu assunto preferido. Ah, e não sabia nem fritar ovos. E um dia, precisei rever minhas prioridades. Aprender a olhar para outra janela. Claro que fiquei muito assustada. Passei a maior parte da minha vida envolvida com desenhos, croquis, pranchetas...
E agora? A mudança assusta. Faz tremer e ter ansiedade das bravas. Tudo porque tive que saber como cozinhar. Sabe o que é isto? Enfrentar um mundo novo. Novinho em folha. Fiquei tão sem chão que resolvi fazer um curso sobre cozinha. Aprender o básico, pelo menos. Nem o que aprendi na universidade, estava me ajudando e lá fui eu fazer vários cursos. Até descobrir que o necessário era me envolver, gostar de estar na cozinha. Descobrir os perfumes e as delícias de fazer minha própria comida. Para algumas pessoas é fácil. Tiveram vó, mãe, irmã, tias que sabiam e gostavam de estar no que hoje chamo, de "centro do poder". Uma cozinha é isto. Quem sabe cozinhar sabe como resumir, simplificar, resumir, ampliar, quando é necessário. Vai dizer que não é?
Você deve ter uma amiga ou conhecida assim. Do que tem na geladeira, ela faz uma comidinha perfeita. Fiquei animada. E mais animada ainda porque, não precisava mais usar "recursos" de coisas prontas. Fiz um curso de "Cozinha Natural" que me ajudou a ficar independente. Comida pronta, nunca mais. O que me ajudou e melhorou minha saúde. E o que foi melhor: emagreci.  Claro que levou tempo. Um tempo de aprender,  errar e acertar. A vida, não é assim? Pois é! 
Este texto foi inspirado no desejo de minha amiga Regina, de fazer uma dieta e de Gilcneia me pedindo a receita do "Sal de ervas". 
Então aqui está meninas. Esta receita, é para vocês colocarem no saleiro. Pouco sal na comida, e açúcar de menos. Zero de adoçante. Podem ter a certeza de que isto é parte do caminho. O resto, vão descobrindo sozinhas e poderosas. 
"Sal de ervas": (secas)
-01 pacote de alecrim 
-01 pacote de manjericão
-01 pacote de manjerona
-01 pacote de cheiro verde (cebolinha, salsa)
200 gramas de sal marinho

Bater as ervas no liquidificador e misturar com o sal.

Obs.: precisa ser Sal marinho.

Anny (@Annyllinha) :)

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Uma frase que resume...



Todos nós conhecemos situações, livros, filmes etc que podem ser resumida em uma única frase. Mas existem coisas que não existe um resumo apropriado. Por mais que pensamos sobre o assunto. Ele fica lá. Parado no exato momento em que não tenho resposta, nem posso resumir numa frase.
Avida é assim mesmo, não temos respostas para tudo. Quer dizer, temos as nossas que nem sempre, resolvem. Não é preciso sentir mal com isto. Mas sentimos. E culpados. Vai entender...
Não sei onde chegar. Pode ser o final da frase. Um ponto final, mudar de linha, de lugar, cidade.
"Não adianta dormir, que a dor não passa." A música  martela minha cabeça.
Continuo escrevendo para chegar ao final.
Pronto. Mesmo que faltar palavras.
Fim.
Amanhã volto.

Até mais.

Anny (Annyllinha)







terça-feira, 23 de abril de 2013

Libertando um livro...



E hoje é dia de libertar um livro. O livro que escolhi libertar é  Quatro Histórias de Ladrão e mais 26 histórias - Paulo Mendes Campos.
"é uma divertida antologia de crônicas em que o leitor se depara com os mais diferentes assuntos do cotidiano, abordados de maneira poética por um dos maiores cronistas da literatura brasileira."

Quem me incentivou e incentiva todo ano a participar é Luma. 
Portanto, não posso deixar de escrever sobre isto.
Todos que gostam de ler e comentar no blog, sabem como é intensa sua participação.
Obrigada por tudo.

Este livro será deixado em algum lugar do Salvador Shopping - Salvador-Ba.

segunda-feira, 15 de abril de 2013



Libertar um livro. Você já pensou nisto? Se quiser saber mais e ler um belo texto sobre este assunto, visite o blog de Luma  Sempre liberto meus livros, mas pode dar errado e causar muitas risadas. Sabe como é? Nem todos entendem "o espírito da coisa." Como assim? Ah, uma pessoa me disse que não queria o livro (tinha deixado o livro na porta dela) porque não gostava de correntes. Fui explicar o que era e não consegui convencer a criatura sobre o movimento. Claro que fiquei muito sem graça e com sérias suspeitas de que não devia me aproximar da pessoa. 
Com o tempo, fui esquecendo do mal estar. E quando chega nesta época, fico pensando no quanto podemos ajudar, doando livros e contar histórias como esta que um dia me aconteceu e hoje posso contar aqui. Sem dar nome. Quem fez o dito, nem sequer sabe que fez. Então, bola prá frente, ou melhor, livro. Que atrás tem gente querendo ler. Certo? 

Anny (@Annyllinha)

Uma boa semana! :)





domingo, 3 de março de 2013

Café & sabor...



Gosto muito de café. Aprendi muita coisa sobre ele com o dia-a-dia. No começo, tomava café com adoçante,  açúcar, mel.
Aí, descobri que o sabor do café está na torra, no tipo de café...
E que café bom, não precisa ser adoçado. E se for orgânico, melhor ainda.
Mas, para aprender fico atenta aos sites que publicam dicas de como fazer café, pois ele também faz bem a saúde, se tomado de maneira adequada. 
Cozinha é um assunto para mais de metro...E coloca metro nisto. Pois descobri que com canela, fica muito bom. E fui variando. Lembro do dia fiz com erva doce. A cozinha ficou perfumada e o café, muito bom. Em seguida fui me aventurar com o Cardamomo. Não gostei muito, mas tem lugares onde é muito apreciado.
Agora o site Comidinhas, citou o café com Noz moscada...
Tem quem gosta com chocolate meio-amargo ou com pimenta-dedo de-moça. Café é mesmo uma descoberta intensa e bom para dividir com amigos,  depois do almoço, á tarde (café de Minas) que tem até horário...
Bom domingo!

Anny(@Annyllinha) :)

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Escrever, contar uma história...




Todos os dias contamos uma história para nossos filhos, netos e para nós mesmos...
Faz parte da nossa realidade. Percebi isto hoje,  ao fazer o café da manhã.  E o eterno diálogo interno que mantemos dia após dia. Todos sabemos dele, mas não prestamos atenção nem nos damos conta se tem sentido ou se é sem pé nem cabeça. Escrever uma história é preciso pensar nela. Elaborar  princípio, meio e fim. E você pensa que fiz isto, antes de começar a digitar? Deveria ter feito. Não fiz. Agora estou aqui, olhando pela fresta da janela. Vendo o dia amanhecer. Revejo mentalmente,  histórias que já li, as que contei, e vou ler...
Uma para cada dia do ano. Ah, não sei se gostaria de ser escritora. Sentar e esperar que ela venha. Inteira ou aos pedaços.
Já li inúmeras entrevistas de escritores sobre suas inspirações. Não é fácil, como parece.
Mas não é o meu caso. Escrever aqui é só exercício irregular. Sem compromisso. Nem de leitor constante. Uma linha que conta uma história para ela mesmo. Só para lembrar que aqui pode começar um desenho. Ou não...

Bom fim de semana! :)
Anny(@Annyllinha)

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Bolo de Semolina...



Para tomar com um cafezinho da tarde, nada melhor do que um bolo. Deste que você capricha porque quem vai dividir com você são amigos ou filhos.
Aí, quando o perfume, o cheiro bom do bolo invade até suas lembranças você pensa: "É este que fiz para receber minha amiga Beth..."
Bom, chega de história! Vamos passar logo a receita.

Bolo de Semolina
.2 x de semolina de trigo
.1 x de açúcar 
.1/2 x de azeite (ou óleo de canola) 
.1 c (chá) de baunilha 
.1 c (chá) de fermento em pó
.1/2 c (chá) de bicarbonato de sódio
.2 ovos (grandes)
.200 ml de iogurte (natural)

Bater no liquidificador: ovos, açúcar, azeite (ou óleo), baunilha e iogurte por um minuto.
Colocar numa vasilha e acrescentar a semolina peneirada com o fermento e o bicarbonato.
Coloque a massa numa assadeira untada com manteiga e farinha de trigo ou fubá de milho.
Assar em temperatura média por 35 minutos ou até que enfiando um palito, ele saia limpo.
Assadeira 30x20 cm
Espere esfriar 10 minutos para cortar em quadradinhos.

#A semolina é encontrada em casa de produtos naturais. A marca que encontrei foi Renata. Não sei se existe outra.


Anny(@Annyllinha)


terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Horizontes...







Você se preocupa com ele?
O horizonte, faz parte, está incluído em muitas coisas, além do desenho...
E vamos passeando neles. A primeira tarefa para fotografar é olhar o horizonte. Dele vai depender o equilibrio de sua foto.
No desenho é a mesma coisa. Você tem um horizonte, onde vai dispor e trabalhar primeiro e segundo plano.
Mas há quem nem pense nisto e faz assim. Num clic. Com a facilidade das máquinas fotográficas de hoje, nem precisa pensar...
Mas, isto não é toda verdade. Não adianta ter o melhor se não usar direito. Quer dizer, ter um mínimo de conhecimento sobre o que deseja fazer. E isto vale para tudo.
Quer escrever, saiba como e pratique com leituras e escrita. Quer desenhar? Faça-o todos os dias...
Ah, e olhe o horizonte para ver se está mesmo equilibrado. Sabe como é? Vai que está perto ou longe demais. 
E nesse papo sem pé nem cabeça, posso chegar a um lugar. Ou não. Talvez o ponto final, seja uma boa.
Quem sabe se alguém resolve ler e pensa: "Que conversa é esta?"
Ah, isto aqui é só um jeito de dizer que tudo depende do horizonte, não é mesmo?

Anny(@Annyllinha). "Uma linha que passeia."   
     

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Você tem cuidado com seus desejos?...


Não tenho mais esta vista. Um prédio tomou conta do espaço. Uma pena. Fazer o que?  Olhar em  outra direção. No meu caso, para a nascente. Onde as fotos também são lindas...
Mas estamos conversando sobre desejos. Estes que temos todos os dias. Até mesmo sem pensar. Só para nos livrar de uma dificuldade ou para mudar o que não podemos.
Ah, os desejos! Você tem cuidado com os seus?

Os meus desejos para todos que param aqui para ler, são os melhores. Porque aprendi a duras penas que desejar o melhor sempre é uma boa escolha. Ponto final..

Anny (@Annyllinha)

YouTube

Loading...