sábado, 30 de agosto de 2008

Em fim um Moleskine...


Esta história de Moleskine começou quando Alessandro Martins fez um texto sobre esta maravilha. Começou então o meu pesadelo. Ah, comecei a pensar, desejar, a visualizar, sonhar acordada com um Moleskine. Sabe como é quando se deseja muito uma coisa. Então meu filho começou a namorar Aixa. Perguntei a ela se conhecia o Moleskine. Ela então me deu um de presente. Simples assim. Foi então que passei a ter bastante cuidado com meus desejos. Costumam acontecer. Aixa que o diga. Hoje estava aqui pensando como fazer para descobrir onde ficava o asterisco desesperadamente. Ele faz parte do primeiro passo para chegar até aqui. O laptop é do meu filho e o teclado é espanhol. Ai, ai! Gente, nâo é que Aixa me telefonou e me explicou onde ficava. Não acreditei quando recebi o telefonema dela. Demos bastante risadas e comentamos a respeito do assunto desejo...
Sam escreveu sobre o Moleskine e eu contei como tudo aconteceu e tem mais, o texto dela foi feito há vários dias. Não pude comentar. Meu Laptop está com problemas. Precisando formatar. Hoje pensei que iria finalmente comentar, as palavras saíram sem acento, sem til. E para entrar no blog foi uma ginástica e tanto. E quanto ao meu Moleskine...não tive coragem de usar porque não sei como conseguir outro de maneira mais fácil. Rsrsrs!
Crédito para a foto.

12 comentários:

  1. Estou ensinando a minha irmã Milene a comentar aqui. Vamos ver se ela aprende, né?
    "Quer fazer um blogueiro feliz? Comente.

    ResponderExcluir
  2. Olá Anny, sabe que eu sempre disse isso "cuidado com o que deseja" afinal, o desejo é amigo intimo da fé que dizem por aí que remove montanhas.
    Os computadores estão mesmo dando problemas, não é? O meu morreu e tive que ir em busca de um outro. Afff.
    Abraços meus

    ResponderExcluir
  3. Oi Lunna:
    Obrigada pelo comentário. Vc tem razão quanto aos computadores e quanto aos desejos, digo que é preciso muito cuidado com eles...
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Meu notebook também já não á mais essas coisas.

    Boa semana

    bj

    ResponderExcluir
  5. Acho que você pode encontrar moleskines na "papel craft" aqui no Rio, mas é claro que não é tão divertido quanto ganhar de presente.

    ResponderExcluir
  6. Milton:
    Obrigada pelo comentário. Pois é, felizmente meu filho deu um jeito nele. Está beleza depois de ser formatado.
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Kovacs:
    Bom saber que existe aqui no Brasil, mas será que não podia ser em Salvador?
    Ah, obrigada pelo comentário.
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. AH! Eu tambem qué um! ( da para imaginar o bico?) hehe, que bom que vc ganhou um, agora dá para entrar no clube dos rabiscadores compussivos!
    Bjão amiga!

    ResponderExcluir
  9. Oi Douglas:
    Obrigada pelo comentário. Pois é!
    Quero que em Salvador comece a vender Moleskine. Vai acabar com todos os meus problemas. Rs!

    ResponderExcluir
  10. hehehehe. A vida ensina minha filha! Eu mesmo com o notebook não sabia como acionar a interrogação, mas achei numa minunciosa e descobri que estava usando a tecla errada. Ignorante em notes é assim. :(

    Hahahaha. Rapaz, não teve como te encaixar nas oficinas de culinária. Coisa muito chata e que dá vergonha.

    Beijos e saudades.

    Vou passar lá para te ver!

    ResponderExcluir
  11. Oi Nadja:
    Bom te ver por aqui. Pois é, a voda tem destas coisas. Não tem problema.
    O melhor disto tudo é a nossa amizade.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Lembrei-me: o moleskine no Brasil pode ser comprado na grandes livrarias, como a Cultura por exemplo. Abraços meus

    ResponderExcluir

Seu comentário é uma forma de conversa online.
Deixe sua opnião ou questione.
Não seja anônimo!
Obrigada.
Bem vindo!

YouTube

Loading...