domingo, 24 de maio de 2009

Para que serve um diário?...


Você tem um diário?...
Ah, tá, um diário significa que vai usar papel e papel igual a árvores cortadas. Não necessariamente. Ele pode ser virtual... Ou então de papel reciclado. Pode escolher.
Penso que o diário é uma grande solução. Principalmente se você está longe de casa...
E Marina Colasanti em seu livro Uma Nova Mulher, escreve: Um amigo, meu diário
No 4° parágrafo ela pergunta:
“Um diário é um amigo? Uma companhia? Também. Mas é sobretudo uma duplicação da gente mesma, espelho que não se apaga quando o rosto se retrai ou muda, álbum de retratos que conserva muito mais que um belo sorriso e a paisagem de fundo.”
E ela prossegue descrevendo os benefícios do diário.
“A verdade é que um diário não pode ser lido por ninguém, a não ser pelo autor. E só será válido se escrito despreocupadamente, as coisas ditas às claras, sem metáforas ou jogos verbais criados para encobrir verdades a olhos curiosos.”

Sabe, concordo com o que disse a escritora. Escrever faz distanciar o acontecimento. Você precisa pensar para colocar nas palavras os seus sentimentos. Assim repensa, pode ver por vários ângulos um assunto ou um sentimento que está sem ser resolvido.
Ter um diário, não é uma coisa antiga e sem utilidade. Contar para você mesmo como foi o dia, como está se sentindo a respeito de determinado assunto, pode ser uma forma de conviver melhor com você mesmo. Inclusive de aceitar sua imperfeição. Saber conviver com o seu lado invisível...
E para finalizar o texto:
- Para que serve um diário?
-“O diário serve para preservar você.”
E se não pode escrever, tenha um caderno de desenho. Desenhe os seus dias. Assim pode escolher fazê-los coloridos ou conforme a cor dos seus sentimentos. Use desenhos abstratos, manchas de tinta, linhas, pontos. E dê nomes a eles ou não...

26 comentários:

  1. Um diário serve para desabafar, opinar, informar, por isso tenho um blog. A vantagem desa feramenta virtual em relação ao papel é que você não escreve para si, e sim para o mundo!

    ResponderExcluir
  2. Cidão:
    Ainda prefiro um diário particular. No blog, não pode ser vc mesmo. Tem que usar de metáforas...
    Em algum lugar prrciamos ser de verdade. Com frente, verso e avesso. Para sermos inteiros. Nem que seja pre gente mesmo.
    Obrigada pelo comentário.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir
  3. O diário serve para organizar as idéias. Os pensamentos saem do plano mental e se concretizam no papel.
    Anny, nunca tive diário! Acho meio perigoso! (rs*) Boa semana! Beijus

    ResponderExcluir
  4. A melhor definição de diário que conheço é de José Saramago em Cadernos de Lanzarote (Editora Companhia das Letras, 672 páginas, lançamento 21/02/1997):

    "Por muito que se diga, um diário não é um confessionário, um diário não passa de um modo incipiente de fazer ficção. Talvez pudesse chegar mesmo a ser um romance se a função da sua única personagem não fosse a de encobrir a pessoa do autor, servir-lhe de disfarce, de parapeito. Tanto no que declara como no que reserva, só aparentemente é que ela coincide com ele. De um diário se pode dizer que a parte protege o todo, o simples oculta o complexo. O rosto mostrado pergunta dissimuladamente: Sabeis quem sou?, e não só não espera resposta, como não está a pensar em dá-la."

    ResponderExcluir
  5. Diário para mim é um arquivo dos meus dias, aonde posso ser verdadeira, discreta ou não. Faço registros, mas não posso chamar de diário, pq. lá coloco situações ou fatos que para mim são ou foram de muita importância a ponto de modificar meu comportamento, diante da vida, das coisas ou das pessoas, e isso não acontece diáriamente.Hoje, faço isso em um blog restrito.

    Anny, mas tb. acho que ele pode ser escrito naquele cadernão universitário que você não usou inteiro...rsrs

    Silvia (a rebelde) rsrs

    ResponderExcluir
  6. Creio que o diário, como já dito por aqui, é uma forma de fixar o instante.
    Ele não voltará mais, apenas voltará quando for lido o registro e imediatamente você se descobrirá diferente, igual, melhor ou pior. É mesmo uma forma inicial de ficção. Nós somos dominados pela impermanência, apesar de tudo, e o diário é prova cabal disso. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Anaaa ^^

    eu tenho diarioa desde pequena,
    hoje meu "diario" é um caderno, no qual anoto tuuuuuuuudo.
    Poesias, pensamentos.
    Desabafo escrevendo quando estou triste...
    Fazendo contas do que tenho que pagar.
    De certa forma eu ainda tenho diário.
    Claro que mais resumido, antes escrevia páginas e mais páginas detalhas de cada acontecimento.
    Mas um diário tbm é perigoso.
    Muitas pessoas escrevem a intimidade e se ele cair em más mãos pode virar uma arma.
    Por isso que não escrevo mais detalhes :)
    que eles todos fiquem nas minhas lembranças.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Luma:
    Não considero um diário, um perigo e sim um amigo e segundo a opinião de Marina Colasanti "Ele preserva você". Então, concordo com ela. Estamos muito dispersos e em muitos lugares ao mesmo tempo. O diário ajuda neste desenho mais inteiro...
    Obrigada pelo comentário.
    Beijos.
    Anny

    ResponderExcluir
  9. Kovacs:
    Cada pessoa tem uma opinião diferente sobre o assunto. Então, viva a diferença. E tudo vai bem. Tenho a mesma opinião de Marina Colasanti. Todos nós precisamos de um amigo por perto. Para amenizar a solidão, nos organizarmos etc e etc...
    Daí a utilidade do Diário...
    Amém.
    Obrigada pelo comentário.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir
  10. Sílvia:
    Pois é. O resto do caderno que não foi usado também é uma boa pedida...
    Obrigada pelo comentário.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir
  11. Djabal:
    A riqueza de poiniôes sobre o assunto nos permite usar a que melhor preenche nossas necessiades. Para mim, todo ser humano pode ter um diário. Experimentar pelo menos...
    Tem gente que não se gosta por esctito. Como também tem gente que não gosta da própria voz. Vamod escolhendo oque mais se parece com a gente, não é mesmo?
    Obrigada pelo comentário.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir
  12. Caterine:
    Pois é. O diário é a nossa conversa diária. O nosso organizador de idéias, emoções...
    E uma maneira de te deixar mais inteira...
    Obrigada pelo comentário.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir
  13. Um blog não deixa de ser um diáriom não?

    boa semana

    bjs

    ResponderExcluir
  14. "Desenhe os seus dias." Que idéia maravilhosa...

    ResponderExcluir
  15. Anny
    Eu nunca tive um diário, e quer saber nesse exato momento estou muito arrependida disso.
    Vou começar um agora mesmo.

    Sempre que assisto algum filme, em que alguém está para morrer ou mesmo morre, uma outra vai e pega o diário daquela que se foi para ler, penso... eu não tenho um diário, gostaria de ter um.

    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Milton:
    Um diário, é lido só por você e por outra pssssoa, só se vc der permissão. O blog não é um diário. Ele são anotações vrtuais que são partilhadas. Não é mesmo?
    Obrigada pelo comentário.
    Boa semana.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir
  17. Solvia:
    Obrigada pelo elogio da janela...
    Também achei esta foto muito linda.Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir
  18. Denise:
    Que bomob a pergunta ter te mobolizado para fazer um diário...
    Obrigaga pelo comentário.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir
  19. Muito bom este post, Anny...
    eu tenho dezenas de diários exatamente deste jeito. Reunem pedaços de mim, ao longo da minha vida. São recheados de acontecimentos, mudanças, fotos, entradas de shows/teatro/cinema, bilhetinhos de amor. Uma delícia revisitá-los.

    ResponderExcluir
  20. Lúcia:
    Que bom ter a sua visita e por você ter gostado do texto.
    Fiquei muito faliz com a sua visita e o seu comentário.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir
  21. Anny, gostei da idéia, o problema é tempo para sentar e desenhar, rs.

    Amei a foto no perfil. Tá ótima.

    Bjus

    ResponderExcluir
  22. Geórgia:
    Não é preciso um desenho grandioso. Até simples rabiscos valem.
    Obrigada pelo comentário.
    Beijos.
    Anny

    ResponderExcluir
  23. Pode escrever num diario de plástico com tinta reciclavel ;)
    Como o livro "Cradle to Cradle"
    de MCDONOUGH, WILLIAM e BRAUNGART, MICHAEL.
    Beijos.
    aixa

    ResponderExcluir
  24. Muito interessante o texto e a linha de raciocínio. E este final, dando idéia de colorir, desenhar o texto, achei incrível!
    bjs cariocas

    ResponderExcluir

Seu comentário é uma forma de conversa online.
Deixe sua opnião ou questione.
Não seja anônimo!
Obrigada.
Bem vindo!

YouTube

Loading...