sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Reflexo da Realidade...


Reflexo da Realidade, upload feito originalmente por Massao.

Esta é uma foto lindíssima feita no Jardim Botãnico...



No começo desta semana, levantei atrasada pra ir praticar Pilates. Precisava ligar avisando o meu atraso e não consegui. A verdade é que estava com muita dor na perna esquerda e a dor me deixou fora de ação. Fui para o ponto de ônibus que demorou um pouco de chegar e deu tempo de colocar meus pensamentos em ordem. Para que tanta agonia? Estava atrasada, com a perna doendo e já estava indo ao lugar certo. Fazer exercícios e alongamentos que iriam aliviar minha dor. Ponto final da situação a ser enfrentada. O resto a paranóia conseguiu inventar uma 'história sem cabimento' como dizia minha mãe. Fiquei pensando no assunto e reparei que tenho um jeito de tratar a realidade da pior forma possível. Nunca a meu favor. Não preciso entrar em detalhes, né? Então resolvi escrever sobre o assunto "Quais são os benefícios de Pilates?" Existem várias respostas na Internet. Este link que estou deixando esclarece muitas coisas sobre este assunto. Bom ir dar uma olhada. O que causou a dor paralisante na perna? Dormir no sofá, vendo televisão até altas horas da noite. Um desrespeito ao corpo. Normal. O que estou fazendo sentada aqui mais de duas horas sem parar? Qual é?
Vou dar uma volta, beber uma água coisa e tal. Fui...
Pilates: um post com mais explicações.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Rosas...


Drics, upload feito originalmente por Varal dos Infocáveis.

Fico impressionada com fotos. Elas substituem as palavras que ficam pralisadas diante do que está sendo mostrado. Gosto de acrescentar aqui só que estou sentindo ao olhar para esta maravilha...

Este é um bom assunto para escrever. É só começar. Então começa logo. Estou sem tempo e a palavra esta presa no peito. As mãos paralisadas. O pensamento desconexo. Perdi o tempo, as horas, o trabalho. Onde recomeçar agora? Naquele jardim onde estão as flores... Créditos da foto para o Varal dos Intocáveis.

Pela Valorização da Mulher ...


Este úm assunto que toda mulher precisa estar bem consciente e no dia 08 de março fazer a Blogagem coletiva.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Onde foram parar meus olhos...

Sinceramente, não sei como explicar isto. Aconteceu e agora dou risada porque cada vez que preciso de usar de artifícios para modificar uma ação acontece uma outra maior ainda e agora olha só onde este post. Não consegui publicar. Pelo menos não aparece no Blog Linha. Fiquei nervosa na hora, depois fiquei pensando em como resolver isto. Alguém pode me explicar? A vontade é de encher todo este espaço de palavras desconexas. Uma brincadeira. Acho que é isto. Uma grande brincadeira. Nada como o bom humor para salvar a vida, a amizade o amor. E vamos para a frente que atrás vem gente. "Seus olhos, são duas contas preciosas que brilham mais que o luar..."

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Meme Momentos...

Imaginado por Cristiane A. Fetter

Melhor momento:
Tenho muitos momentos bons em minha vida. É o que chamo de Álbum de Bons Momentos ou Boas recordações. Vou escolher um deles que me deixou sem saber o que fazer. Não sabia se ria ou chorava. Muita emoção ao mesmo tempo. Foi quando meus filhos passaram no vestibular.

Pior Momento:
Não é um assunto muito bom de guardar em álbum de recordação. Mas foi quando minha avó moreu.

Arrependimento:
Não ter acreditado mais em mim mesma.

Algo que aprendi:
Aprendi que é possível todos os dias fazer um novo desenho da vida e ter novas perspectivas.

Música que mais ouvi:
Um CD de Miles Davis "Plays for Lovers"
Durmo ouvindo estou ouvindo agora. Uma loucura...

Filme que adorei assistir:
Ratatouille. Amei...

Promessa para 2008:
Fazer todos os dias um desenho novo...


Convidadas para o Meme Momentos:

Célia com Esperança e Amor

Aline com o Blog Dex

Palpi com o Palpiteira

Kiara com o Neste Instante

Ana-Ni com o Alfarrábios e Devaneios

Cristina Sampaio com Minhas Vozes

domingo, 24 de fevereiro de 2008

Pela Valorização da Mulher Brasileira...



O mais importante na vida de uma mulher é a consciência de sua importância, para si mesma em primeiro lugar e para o mundo que gira em torno dela: família, amigos e por que não? Os inimigos também. Quando este equilíbrio acontece tudo fica nos seus devidos lugares. Este é um bom começo para iniciar este assunto. Não é mesmo?

Campanha contra plágio na internet...



Para fazer um post é preciso pesquisar muito. Dá trabalho. Mesmo as coisas mais simples precisam ser repensadas e trabalhadas para serem compreendidas por todos. Já que meu desejo é que as pessoas leiam o que escrevo. Certo? Não para as pessoas que copiam o post inteiro ou parte dele. Então vou contar como encontrei esta campanha. Todo final de semana vou aos blogs onde comento e vejo se tem algum post interessante para comentar. E no blog do Oscar encontrei Canetas "Bic" na Lenda Urbana de Sexta" que li, comentei e disse estar fazendo o link para contar como entrei para a campanha e sou número 90. Pode ir conferir...

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Criatividade...




Nome do quadro: "Pensamentos" - Uma composição abstrata, onde usei aquarela como meio de expressão. Data: 1994. Experimento usar cores fortes, contrariando as cores mais diluídas que normalmente são usadas em aquarelas. Um achado, já que pintar com tinta a óleo ficou impossível por causa de uma forte alergia. O que mais me atraiu e já mencionei isto aqui é que a pintura em aquarela é um desafio. Você faz o desenho a lápis e depois pinta. Acontece que não pode errar. Se isto acontecer, precisa de criar outro quadro diferente do antes imaginado. Isto não parece com a vida? Então nada como uma citação preciosa de Fayga Ostrower, em Criatividade e Processos de Criação - Cap. I - Potencial "Criar é, basicamente, formar. É poder dar uma forma a algo novo. Em qualquer que seja o campo de atividade, trata-se, nesse 'novo' de novas coerências que se estabelecem para a mente humana, fenômenos relacionados de um modo novo e compreendidos em termos novos. O ato criador abrange, portanto, a capacidade de compreender; e esta, por sua vez, a de relacionar, ordenar, configurar, significar." E foi assim é assim a cada desenho diário ou pintura. Quando passei a me relacionar dessa forma com o mundo e comigo passei a caber melhor dentro da minha prória pele. Então cheguei a conclusão que a arte me ajudou a fazer melhores desenhos de mim mesma. A fazer um auto retrato que cabia nas minhas espectativas. E confesso que fico aliviada em poder olhar o que já pude construir. Mesmo que essa construção não possa ser vista, por ser interna e precisa de um bem estar que procuro expressar no que escrevo e no que desenho com as palavras. Tenho uma admiração muito grande pelas pessoas que administram os blogs onde faço comentários e por aquelas que comentam aqui. "Uma conversação" que me coloca em contato com o mundo, com as diferentes opiniões e me faz avaliar meus próprios valores a cada conhecimento novo e acada "canto" visitado. Um feliz fim de semana para todos os amigos virtu@is e pessoais...

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Joaninha...


Joaninha, upload feito originalmente por ***Viviane***.

Minha cor de joaninha preferida...Adoro joaninhas e o meu encontro com elas foi na minha infância. Depois de ter feito um post a respeito delas heis que aparecem de novo ao procurar uma janela. Altamente sugestivo e intrigante. Já que meu assunto aqui hoje é sobre ser livre.

"Ser livre significa compreender, no sentido mais lúcido e amplo que a palavra pode ter. Significa um entendimento de si, uma aceitação em si da necessidade da existência em termos limitados. A vivência desse entendimento é a mais plena e a mais profunda interiorização a que um indivíduo possa chegar. Ser livre é ocupar o seu espaço de vida. Esse entendimento de si é um processo não um estado de ser. Contém como correlata a possibilidade de o indivivíduo constantemente diversificar-se e acrescentar a si próprio dentro de sua coerência. É um processo que cresce em duas direções simultâneas, como se fosse um leque a abrir e fechar-se num idêntico movimento, atingindo níveis integrativos sempre mais elevados. Crescendo tanto no sentido das delimitações como no de ampliações, a coerência se renova nas potencialidades criativas do indivíduo. A cada síntese, a cada novo nível de compreensão que é possível alcançar, corresponde a base para o aparecimento de novas possibilidades de ser e criar. A cada síntese se requalificam os limites que funcionam como referencial para o desenvolvimento subsequente. O próprio referencial é continuamente requalificado pelo mesmo processo que ele referencia e qualifica." (Cap. VII - Espontaneidade, Liberdade- pag. 165 do livro Criatividade e Processos de Criação - Fayga Ostrower.

Uma das boas coisas que ler e estudar Artes e tudo que se relaciona com ela me proporcionou uma compreensão melhor de minhas possibilidades de sempre poder construir, colorir, inerferir nos meus desenhos internos e externos. Tudo por um ponto de vista melhor. Um suporte adequado às minhas necessidades. Um equilíbrio interno para as construções diárias, que são sempre um acontecimento inesperado. Esperando em cada esquina dobrada ou rua atravessada e uma joaninha encontrada...



quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Uma orquídea ...


Orchid, upload feito originalmente por NYBG Photographers.

Estava procurando uma foto perfeita e achei. Uma orquídea para colorir e o fim de semana de amig@s pessoais e virtu@is. E hoje de manhã as palavras se transformam num jeito mais fácil de expressar meus sentimentos com relação a este assunto. Recebi antes de ontem uma mensagem virtual de Dra Rit@ e ontem um comentário no blog feito por Kiar@ e um e-mail por Critina. Amiga dos meus tempos de adolescente me perguntando se estou em seu coração. Um dos sentimentos mais importantes que os seres humanos têm entre si são as amizades. Quando se é jovem ou não tendo amadurecimento suficiente exigimos de nossos amigos um comportamento que nos satisfaça. Não existe um lugar para a diversidade, para o pensar diferente. O que adianta ter muitos amigos que pensam iguais a você? Não há o que dialogar, trocar experiências e construir um outro ponto de vista. O que é fundamental numa vida cheia de possibilidades a serem descobertas a cada segundo de vida. Tenho muitas amigas que tem horror à tecnologia Bernadete, Sônia, Selma, Yoriko e nem por isto deixam de ser amigas. E também aquelas como Barbarella que têm medo de viciar em internet. E não posso esquecer de Graça, a vizinha de porta que trabalha digitando seus trabalhos e não se interessa muito por internet. E existe o outro lado também. Uma amig@ virtual S@m jornalista ama que ama tecnologia e tem vários blogs. Uma outra que também está sempre por aqui com sua simpatia e comentários:@line. São muitas pessoas que conheci por aqui e fazem toda a diferença no meu dia quando recebo comentários ou e-mails agradecendo quando comento em seus blogs. Tem a também as competentes jornalistas Lucian@ e Jo@ninha que estão no CampusPaty. Ah, não posso me esquecer @na-Ni que tem um blog surpreendente com poemas de Vinícius e frases de Clarice lispector. Gente, e a minha amiga Nilda? Uma amiga que o tempo se encarregou de fortalecer nossa amizade. E nova amizade da Edy de conversa, caminhada e comentários no blog. Tem ainda duas pessoas que gosto de visitar a P@lpi e a Paul@. Sem esquecer a Lilian@, a D@i e a M@rcela e a Cristin@ Sampaio. Esta foi a galera feminina onde comento. Para mim, existe a diferença de sexos. E direrença muito apreciada por ser um jeito de ver e sentir o mundo de formas diferentes. Começando por Aless@ndro, um ser humano muito especial que podemos apreciar pelos vários blogs que ele tem. E não posso me esquecer do P@ulo que é marido da P@ula e amigo do Aless@ndro, que tem um blog onde discute suas opiniões e pontos de vista sobre vários assuntos. Tem também o Alex@ndre Inagaki com um blog muito bom porque trata de vários assuntos e nunca te deixa sem resposta. Tem também os comentaristas como o Djabal, o Ulisses, André, o Alexandre Kovacs, Osvreni, Osc@r, Eduardo P.L. Se esqueci alguém pendura no Varal de Idéias e bom fim de semana para todos...

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Links...

Saí um dia para caminhar pela manhã e encontrei meu vizinho com um cachorrinho lindo. Parecia com o Floquinho da Mary minha amiga. Perguntei o nome e ele disse : Link. Tornei a perguntar. Pensei estar ouvindo demais e o nome foi reafirmado: Link. E foi assim meu primeiro contato com este danado. Quer dizer, foi desta maneira que esta palavra aconteceu na minha vida. Como nome de cachorro. Pois é. Cada um tem um começo e o meu com o link foi assim. Ainda não tinha blog e internet um mundo à parte. Não me interessava pelo asssunto e nem queria saber. Um dia meu filho me perguntou "Mãe quer aprender a mexer no computador?" Não. Foi resposta imediata. Ainda estava hipnotizada pela TV com seus programas de culinária e entrevistas. Tinha meu horário marcado com ela. Impressionante! Não tenho saudade desse tempo. Até que um dia, deu um estalo um despertar instantâneo e disse. "Agora quero aprender a mexer no computador". Meu aprendizado é diferente dessa geração atual que é tudo no pam pum! Compreendeu? Não! Era a minha resposta e ainda é quando tenho de aprender coisas novas. Meu filho se irritava, porque queria anotar. Pra ele não ter que ficar repetindo. Não adiantava esta explicação. Aí descobri que a mesma coisa acontecia com minha amiga Alba. Ummm! Não estou sozinha nesta. Que bom! E para ficar atualizada, visito sempre o Quero ter um blog.com! que me ajuda muito. Foi lá que li Por que você não sabe fazer links? Tudo que estava precisando saber. Resolvi então fazer um post usando os novos conhecimentos. Não acertei. Foi preciso descartar, deletar, fazer desaparecer. Que droga! Tornei a fazer outro que foi o O que é Bonsai? Não ficou muito bom. Inclusive fiquei na dúvida se era conveniente usar links, pois as pessoas não entenderam o que era. Deixei que o link completasse a informação e ele não foi usado. Fiquei me sentindo péssima. E aí A Grande Abóbora ensina como fazer links em um artigo no seu blog.
Conclusão, fiquei insegura de novo. As instruções aqui eram diferentes. Procurei Alessandro que me informou o seguinte "...o sistema de publicação (blogger e wordpress) fornecem a opção title na caixa de diálogo para iserir link. Não tem que escrever aquilo tudo. Eles fazem automaticamente..." Ufa! Que alívio! Foi bom acontecer isto. Aprendi para nunca mais esquecer:
"Links são muito mais do que pontes para o além..."

domingo, 10 de fevereiro de 2008

Um caminho para Danny...

Oi Danny, não sei mais o que fazer. Procuro um caminho para chegar até você e todos estão emperrados. Bloqueados pelo não saber como ir adiante. Como prometi, aqui estou dando o meu recado. Sei que esta não é a foto. Infelizmente. E o texto é só pra dizer que não esqueci e que um dia o post acontece...

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Flores para o fim de semana...


Flores, upload feito originalmente por CarlosDuarte_.

Esta foto é maravilhosa e estas hortênsias são da cor da minha lembrança e o lugar, a primeira casa que morei e passei grande parte da minha infância. O assunto de hoje são dicas sobre cinema. Não sei fazer crítica e nem comentários caprichados como faz Lu, no "Dia de Folga" e minha dica é só porque uma amiga muito simpática me sugeriu fazer. Então vamos ao assunto. "Senta que lá vem caso." Parece até que estou precisando me benzer. No domingo passado, programei com Graça minha vizinha ir ao cinema no shopping. Saimos cedo para não ficar muito tarde para voltar. Ela queria ver "O caçador de pipas," aquele que tinha me recusado a ver com meu filho porque inventei que é um filme triste. E não vi mesmo. Neste dia vi um filme muito ruim, dublado e sentindo um frio tão grande que não me lembro o nome do danado nem faço questão. Neste dia nada de anormal aconteceu. Estava esperando chegar o dia de sair com a vizinha. Ai, ai. Então tinha que inventar uma história mais convincente ainda. Graça tinha lido o livro. E agora? Fiquei na fila e ela foi ver os horários e outras alternativas de filmes. Nada resolvido. E nós na fila. Comecei a conversar com duas senhoras e perguntei se tinham alguma sugestão. Elas desfiaram: "A Bússola de Ouro" , já assisti e não gostei. "Coisas que perdemos pelo Caminho", assisti e gostei. "Meu nome não é Johny" assisti e gostei muito. E agora? O filme que tinham me indicado "P.S Eu te amo" não estava em cartaz. Resolvi arriscar e "Sexo com amor?" elas disseram que estava bem cotado. Pronto está resolvido. Vai ser este. E lá fomos nós. Meninas e meninos quem não foi ver vá. Uma comédia saborosa. José Wilker dá um show de interpretação e os outros artistas o acompanham. Muito bom. Bem, o resto da história? Já vou contar. Saímos do cinema e já com planos de passar numa loja que estava aberta em pleno domingo de carnaval. Claro que não vou fazer propaganda, é só pra colorir ou melhor aumentar. Não me pergunte por que, resolvi procurar minha chave, já que celular as duas fizeram o favor de não levar. Não achei a chave. Espia que situação. Meus dois filhos no carnaval, eu sem chave e sem celular. Agora chega, vou direto ao assunto. Elaborei 300 possibilidades, mas antes fomos fazer umas comprinhas básicas. Quando cheguei, meu filho ainda não tinha saído, estava me esperando. Viu o celular carregando e chave na porta. Bom fim de semana para todos...

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Margaridas...


marguerites, upload feito originalmente por tetsumaru. O que me faz escolher as fotos ? Estou querendo entender. Hoje estas margaridas me conquistaram. Pode ser que um detalhe simples fique em destaque e chama minha atenção, desperta minha curiosidade e minha vontade de saber mais a respeito. Pode ser então nada disto acontece. Como sou péssima em me observar, estou sempre dando fora. Escrevendo e falando coisas que ninguém entende. Nem eu. A começar por aqui. Quero dizer que minhas escolhas, são confusas mesmo. Melhor admitir, do que ficar procurando explicar. Ah, tenho mania de explicar. Sei que é péssimo e ganhei uma grande ajuda quando vi alguém dizendo "Não se explique e nem se justifique". E lá fui eu usar a terapia das frases. Se elas ajudam, não sei ao certo. Podem me trazer descobertas ótimas como o que minha mãe sempre me dizia "Quem procura acha". Acho que Palpi achou, embora não tenha conhecido minha mãe, descobriu um nome para seu blog. Não podia ser diferente. Fui comentar e encontrei um blog com posts sobre assuntos do dia a dia e uma procura em ser um ser humano melhor a cada dia . Muito bom. E você sabe? Gosto de fazer as coisas bem feitas e bonitas então nada como terminar o desenho, o trabalho e pensar que caprichei. Assim Luíza Gomes fala no seu blog "Eu Capricho" sobre assuntos da maior importância para todo ser humano: os pés. A nossa base, nosso suporte. Vá lá dar uma conferida. Tem até como fazer em caso de ressaca brava. Aquela que deve estar curtindo depois do caranaval. Então se é para indicar blogs bacanas, aqui vai mais um: o Movimento Decassegui e uma comunidade no Orcut criados por Samantha Shiraishi, uma jornalista que dá conta de vários blogs, dois filhos, um marido amado e muito trabalho. Acho que o nome ajudou a fazer toda esta mágica, não é Sam?
Bem, estas são as minhas indicações de blogs nesta semana. Como no post passado contei sobre a minha irmã que mora no Japão, nada mais coerente do que fazer estas indicações aqui. Obrigada a todos que me ajudaram a fazer este post...

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Yokkaichi - Mie


back alley under full-bloomed sakura, upload feito originalmente por tabito.

Esta é uma foto de um pé de uma cerejeira . Linda, né? Esta não é a casa dela.A minha irmã Mizeca mora há muitos anos numa cidade chamada Yokkaichi - Mie no Japão e falo com ela de quando em vez. Uma pena porque se aprendesse computação, muita coisa poderia mudar em sua vida. Poderia ter um blog também, né? Ah, minha irmã é completamente diferente de mim. Gosto muito de conversar, fazer novas amizades.Ela mais calada. Mas não são as diferenças que nos une. São as semelhanças. Quando a gente era criança, adorávamos quando chegava as férias e tomávamos o rumo da casa da minha vó. A que tinha um sítio e onde o Natal era melhor do mundo porque éramos crianças. Tivemos muitas brincadeiras boas e também foi muito bom quando fizemos universidade. Ela me ajudou bastante. Lembro de quando íamos para aula e eu não podia ganhar carona. Estava esperando meu primeiro filho e para não ter problemas o médico pediu que caminhasse. E era bem longe e íamos a pé. Todos os dias. E como ela foi parar no Japão? O marido dela Fujio é filho de japoneses e teve uma época que trabalho aqui no Brasil ficou muito difícil. Embora sendo engenheiro Agrônomo, ficou difícil arrumar trabalho. E lá foram eles com os dois filhos Ookami e Ammy. Sinto muita saudade deles. São pessoas maravilhosas e importantes para mim. Os posts vão ser a forma de nos comunicarmos. E já sei Mizeca, que é inverno no Japão. Foi só para começo de conversa está bem? Um abraço em todos e a história continua...

domingo, 3 de fevereiro de 2008

Foto...

Coloquei uma foto no blog. Não exatamente uma foto, mas o retrato do meu olho esquerdo. Não deu certo. Sumiu. Fiquei preocupada. Ah, meu Deus! Onde foi poi parar o meu olho esquerdo ou era o direito? Internet tem dessas coisas. E como não sabia como resolver o assunto, ficou por isto mesmo. Sem solução. Logo que comecei a "internetar" li a respeito do buraco negro. Lenda ou invenção meu olho foi para lá. Credo! Parei de me preocupar com o assunto e fui cuidar de outras coisas mais importantes. E esta é a foto que coloquei no lugar. Para mudar de assunto li o Deusário, um blog muito bacana, que vale a pena ser explorado porque os assuntos são muito bons . Fiz um comentário, dizendo que toda mulher pode pensar com carinho a respeito do assunto da Arte de Ousar escrito por Nospheratt
O que mais aconteceu? Dei uma passada no blog Varal de Idéias e vi o Blog Linha penduradinho no varal . Claro que fiquei toda orgulhosa. Muito bom. Não disse que o pessoal por lá é simpático? Visitei depois o Pensar Enlouquece que fez um post entre outras coisas perguntou quem bloga no carnaval. Melhor ir lá pra ler o resto. Caminhando mais um pouquinho cheguei no Querido Leitor que conta onde a Rosana está e outras "cositas más". Agora desejo um bom carnaval para todos ou um bom descanso...

Ladybug


Ladybug, upload feito originalmente por jc.winkler.

Esta foto é para a historinha que vou contar a respeito de joaninhas...

E assim começa a história de uma Joaninha lindinha que econtrei na internet. Um dia, passeando como quem não quer nada e quer tudo vi um blog com joaninhas. "Ah, que lindinhas! Que bom achei alguém que também ama as bonitinhas." Fui então "explorar" o Bonsai(blog). Já pensou uma joaninha nele? Pois estou imaginando aqui... Virtual mesmo. Não tenho preconceito.Rs! Mudando o assunto, para não parecer samba de doido, adorei o blog. Muito bom! Cheio de atitudes. Comecei a deixar comentários. Conversa vai, conversa vem "blogs são conversações", né? Perguntei que tal contar sua historinha com a joaninha? Fiquei esperando a resposta sem ansiedade. Coloquei a opção de que se não gostasse da idéia, não precisava responder. Arrisquei. E "adorei a proposta. Mas vou mandar as joaninhas mais tarde. Ok?" E aqui estou muito preocupada em não cometer erros. Vocês vão compreender porque.

"Minha história com as joaninhas é antiga...
Começa na infância. Eu tinha muito medo de bichinhos elas foram o único que minha vó Ester usou para me ensinar que os bichos eram interessantes. Elas continuaram a sobrevoar a vida conforme cresci, quando buscava um nome para o novo blog - o meu primeiro, a beira de morrer de inanição é o Puzzle Diário - lembrei da cena Sob o Sol de Toscana, que cito no meu "sobre". Tem um detalhe, sou jornalista, já usei pseudônimos para escrever.
Nunca foi uma boa experiência. E agora eu sou Ladybug ou Dona Joana. tenho uma rede de amigos queridos, que vêm e vão ao sabor da maré dos bites ou acerto na minha escrita. Crio espaço e propago ondas e movimentos que para mim, constroem o futuro. Não me importa Page Rank, links, reputação no tecnoratti. Cada comentário, link, cada história me toca me transforma, me coloca em um novo mundo. E, depois de muitos anos na internet, posso viver nela, dela, com ela, por ela. Fazer a rede vicejar, crescer, mudar. E quem sabe, tornar este mundo um lugar um pouquinho melhor. O futuro dirá."

Uma história que tem mais para ser descoberta. Lúcia Freitas, colunista do Deusário, tem "um projeto secreto para dominar o mundo o mundo" que descreve no "Assoberbar Sem Perder a Ternura" adorei quando ela disse que tem um plano para conquistar o mundo. Muito bom humor e muito bem escrito. Quero agora contar como as joaninhas surgiram em minha vida. Cabe aqui um paragráfo. Não consegui. Coisas de principiante. Bom, minha vó tinha um sítio que era visitado em todas as férias e foi lá que descobri estas coisinhas maravilhosas. Com elas andando pelo braço, fazendo cóssegas. Uma delícia. E a aposta era quem conseguia ficar mais tempo com elas. Depois desapareciam sem deixar vestígios e só aparecer de vez em quando. Já que moro numa cidade grande. E pode acontecer, como outro dia e contei como uma joaninha tinha aparecido por aqui. Aqui está minha historia e espero que tenham gostado. Esta foi a minha primeira vez, contando historinhas de possoas maravilhosas da a blogosfera. Espero que da próxima vez fique melhor. Internet é parecido com desenho, só aprende fazendo. E no meio disso estão os erros e acertos...



sábado, 2 de fevereiro de 2008

Meu sketchbook...


Meu sketchbook, upload feito originalmente por Zoopress studio.

Alessandro Martins me apresentou o skethbook e desde então, procuro em todas livrarias que conheço aqui. Virou uma procura infrutífera, já que ninguém conhece e nunca ouviu falar. (rs!) Para piorar a situação, fotografou o sketchbook . Importado, naturalmente. Gente, virou um pesadelo. Porque agora tem que ser exatamente como o da foto. E fiquei sonhando com o danado e sem adiantar. Aqui não tem. Depois de procurar que chega, até fiquei enjoada de tanta obsessão. Esqueci o caso. E não é que passendo pelos blogs encontro de novo com ele? Que coisa, né? Penso então que só há uma solução: comprar um. Ponto final. Continuando com o assunto, descobri que o post era sobre Moleskine e não sketchbook e aí acabei de reaprender uma coisa muito boa: quando você faz uma pergunta dá o poder da resposta para o outro. Se o outro for um amigo, menos mal. Se for um inimigo te ensina o caminho das pedras ou ignora sua pergunta. Qual a minha saída? Não esperar resposta, como sempre fiz... Bem, agora sabemos que os dois são diferentes. O da foto é pra desenho, então é sem pauta. Que conversa de doido. E você não viu nada ainda. Pode ser que o assunto termine aqui e pode ser que não... Não acabou. Coloquei o link errado. Faltou um s.(rs!) Então aqui está o blog Só Desenhos


YouTube

Loading...