sexta-feira, 27 de junho de 2008

Uma imagem ...


Crédito para a foto de Aixa. Não é incrível? Esta árvore está na subida do morro que vai para o local onde Nadja estuda. Já tinha observado, faltava tirar uma foto. Foi o que Aixa fez. Ela adora as intervenções urbanas. Calculadas ou expontâneas. Não deixa de ter o seu charme, não é mesmo. Ela tem uma coleção destas intervenções. De grafite, por exemplo. Também gosto de grafite, mas não são todos. Como é uma intervenção calculada, precisa de alguns estudos para que tenha uma apresentação final que cumpra os objetivos da mensagem. Penso que a arte pode ter objetivos e como tal precisa obedecer regras e limites para ser compreendido por quem vê. Ou não. Talvez, você não quer ser compreendido. Rs! Claro que isto gera controvérsias. Todos nós queremos ser compreendidos. Até por nós mesmos. E se para isto precisa de um enorme grafite ou uma simples assinatura, você vai escolher e colher os resultados esperados ou não...

Um por do sol...


Fala sério! Estava aqui fazendo um texto e de repente, desapareceu tudo. Claro que levei susto. Ainda não me acostumei com estas "loucuras" e nem sei por onde recomeçar. Em primeiro lugar, crédito para a foto de Turi. Uma foto incrível. Estava dizendo que fotos e recordações são tão bem guardadas que esquecemos onde guardamos. Foi o que aconteceu com esta que está publicada aí. A outra que Aixa quer, não foi posssível achar no momento. Continuo procurando...

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Calatrava bridge (Zubizuri) - Bilbao


Calatrava bridge (Zubizuri) - Bilbao, upload feito originalmente por ladigue_99.

Esta foto é muito linda. Crédito para a foto.
Nascido próximo de Valença , Espanha , em 28 de julho de 1951, Calatrava estudou arquitetura em Valença, e fez cursos de pos graduação em urbanismo e em engenharia civil. Tem um Ph.D. de ciências técnicas do instituto de tecnologia federal suíço, e doutorado honorário das universidades: Politécnica de Valença, universidade de Sevilha, universidade de Heriot-Watt em Edimburgo, em Scotland, e da escola de engenharia de Milwaukee .

Entre as maiores estruturas públicas que Calatrava projetou estão:
# Estação ferroviária de Stadelhofen, Zurique, Suíça, (1983-90)

# Pavilhão de Kuwait , Expo '92, Sevilha, Espanha (1991-92)

# Estação Ferroviária do Aeroporto de Lyon, França (1989-94)

# Museu da Ciência e Planetário, Valença, Espanha (1991-)

# Sala de Concertos de Tenerife, Consoles Amarelos (1991-)

# Estação Oriente, Parque das Nações, em Lisboa, Portugal

Para maiores informações:
www.metalica.com.br de onde foi feita esta pesquisa.

As pontes são como as amizades. Ligam os seres humanos...

terça-feira, 24 de junho de 2008

Bilbao. Uma cidade muito linda!

Crédito para a foto de Turí. Recebi esta foto e fiquei logo empolgada em fazer um belo post sobre a cidade é maravilhosa, por tudo que li a respeito de sua historia e pelas pessoas que moram lá. Pesquisei encontrei . Fica aqui um link de um texto escrito por Bruno Rios no site PortoGente que conta no "Bilbao: Detalhes de uma cidade ímpar". Tudo que você precisa saber e com detalhes que a maioria das pessoas não sabem. Ainda não conheço a cidade, mas tenho certeza que vou adorar conhecer.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

El peñón...


El peñón, upload feito originalmente por eneko123.

Uma foto muito linda...Crédito para a foto


Estava procurando uma foto de Bilbao para colocar aqui e não resisti a esta de El peñón Não sei o que significa a palavra, mas o lugar é uma maravilha pela foto. Então me ocorreu escrever sobre um assunto que é da maior curiosidade das pessoas. "Como se mede uma pessoa?" Ah, você deve estar pensando, que pergunta mais besta. "Com a fita métrica, claro!" Não estou dizendo sobre este ângulo ou sobre esta perspectiva. Rs! Estou sendo um pouco mais indiscreta. Pergunto sobre o grau de envolvimento. Ahhh! Bom. Aí a coisa ou melhor a situação muda. O "grau de envolvimento", faz as pessoas mudarem de tamanho. Faz sim. Ela fica enooorme para mim quando me dá atenção, me trata com carinho, respeito e quando me olha sorrindo. Gente, é tudo de bom. Mas ela fica bem pequena quando só pensa em si mesma e não demonstra o que há de mais importante entre dois seres humanos que é a amizade. Então sobre este assunto, Martha Medeiros colocou na crônica "A fita métrica do amor", como medimos as pessoas. Em altura, tamanho e profundidade. Ela discorre muito bem sobre o assunto e termina maravilhosamente:"Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande. É a sua sensibilidade sem tamanho." Nada mais a acrescentar. Concordo com ela. E você?

domingo, 22 de junho de 2008

Geléia de Pimenta com pimenta chilena e pimenta de cheiro...



Adoro pimentas então nada mais lógico do que ficar experimentando as diversas possibilidades das pimentas. E desta vez, a receita básica é a mesma. Variei as pimentas. Hoje fui saber como era o ardor da pimenta chilena e a de cheiro. Pimenta de cheiro arde? Arde sim e muito. Então por que o nome? Não sei. Se alguém souber, pode explicar aqui, que vou ficar muito agradecida. Então lá fui eu fazer a geléia. Gente, a pimenta chilena é linda. Maior do que a dedo de moça. Muito maior. Então achei melhor mostrar, né? A de cheiro todo mundo conhece e se não, dá uma passeada no supermercado. É lindinha, mas arde. Existe uma classificação para o ardor da pimenta. Uma figura com um capeta completo. Quer dizer, com chifre e tudo. Quem se interessar pelo assunto, o Google te dá uma opção completa.
Agora aqui vai a receita básica da Geléia de Pimenta:

.03 maçãs vermelhas(pode ser verde)
.02 xícaras e meia de açucar cristal orgânico(se possível)
.suco de 01 limão
.500 ml de água
Bater no liquidificador metade da água (250 ml), as maçãs fatiadas, o açúcar as pimentas sem o cabinho verde mas com as sementes, o caldo de limão durante um minuto.
Depois colocar na panela de ferro(de preferência) e acrescentar o restante da água. Usar o fogo baixo para cozinhar a geléia e quando começar a formar uma espuma, retirar com a escumadeira. O tempo é aproximadamente, 40 minutos. Uso a colher de pau para mexer a geléia.
Ficou mais ardida do que com a pimenta dedo de moça, mas achei uma delícia também. A quantidade de pimenta é a que vem na embalagem. Coloquei umas 4 ou 5 mais umas 5 da pimenta de cheiro. Se achar que é muito diminua ou acrescente se achar que é pouco...
Crédito para as fotos.

sexta-feira, 20 de junho de 2008

Ohayo gozaimasu Japão...

Crédito para a foto.

Tenho uma amiga que se chama Yorico. Conheci faz alguns anos. Procurava companhia para andar na orla e observei que ela fazia este trajeto todas as manhãs. Perguntei se podíamos sair juntas, já que o prédio onde moramos fica bem perto. Então nasceu esta amizade preciosa. Hoje, encontrei com ela vindo da caminhada. Fui logo dizendo:"Ohayô!" Não sabia como escrevia, mas nada como ter uma outra amiga preciosa que me ensinou o cumprimento de bom dia: "Ohayo gozaimasu" que escrevi no título. Obrigada Sam!
Pois é, não caminhamos mais na orla. Não é seguro. A caminhada ficou restrita para em torno da Lagoa dos Pásssaros. Perto do Centro de Convenções. Um lugar onde posso encontrar também a Bernadete, a Sônia e a Selma. Mas voltando a Yorico, lembro que não era este o nome que as pessoas a chamavam. Era um nome em português. Então perguntei a ela qual era o nome que tinha em japonês. Então foi assim que a apresentei para as amigas da lagoa e é assim que todos a chamam: Yorico . Ela me contou que quando veio para o Brasil, depois da guerra os imigrantes eram obrigados a terem um nome em português, caso contrário não poderiam ser enterrados. Não pesquisei sobre este assunto, mas achei que podia devolver o nome original dela, pelo menos aos novos conhecidos. Um dia, conversa vai e conversa vem ela me contou com foi sua vida no Japão. Disse ter sido jogadora de volei. Também me contou sobre o horror da guerra e como ela e o marido(já falecido) vieram para o Brasil como agricultores. Criaram os filhos e mais tarde vieram morar em Salvador. Um assunto que não quiz calar foi logo questionado: "Yorico, como é o seu sonho? Em português ou japonês?" Ela não fala bem o português. Deve ser em japonês. Os sonhos são do tamanho das nossas necessidades. Não é mesmo Yorico?

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Beija-Flor...


FAUNA | Beija-Flor, upload feito originalmente por tiagodegaspari.

Guanambi significa beija-flor e através do link vocês poderão conhecer um pouco da cidade e da história do nome da cidade.


Crédito para a foto.

Aixa...

Crédito para a foto. Espero que quando ela chegar a Bilbao tenha tempo de dar uma olhada aqui e ler o que vou escrever. "Olá querida a amiga, foi muito bom conhecer você. Um jeito parecido com o meu de ver o mundo de estar nele. Por este motivo foi possível trocar informações e dividir músicas(jazz, blues e rock) e experimentar as minhas géleias de pimentas. Ummm! como você diz para expressar que gostou muito. Apreciar o azul do mar, a lua as fotos maravilhosas que tirou enquanto fazia o trabalho da faculdade. E colocar os nomes nas fotos, enquanto arrumava a mala para a viagem. Tudo na última hora, como sempre. Muito bom. E a sua risada com vontade, quando achava algo engraçado? Muitas vezes pensei que via as coisas com muita cor muito riso, com muita força. Que bom encontrar alguém que pensa a vida assim também. Tome conta de você e de quem está por perto também. Beijos."

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Guanambi - Bahia


Crédito para a foto.
Esta é a igreja de Guanambi, onde fui a muitas missas, encontrei muitos amigos e espero reencontrá-los quando voltar lá.

Guanambi...

Guanambi quer dizer beija-flor.Fica no sudoete da Bahia. Morei muitos anos nesta cidade de onde tenho muitas lembranças boas e amizades preciosas. E lá tem um lugar especial e que nunca esqueço de visitar: a feira. Toda segunda-feira, a cidade se transforma numa imensa feira. Muito bom transitar entre as barracas, olhar as novidades, comprar verduras fresquinhas, encontrar velhas amizades. Tudo de bom. Gente, encontrar pessoas como Bia, Mirian, Cici, Lúcia, Lêda, Camila, D.Maria faz a vida ficar mais colorida e alegre. E tenho certeza de que estou deixando de citar pessoas que agora não estou me lembrando. Mas vou ecrever mais vezes sobre esta cidade que mora no meu coração e nas minhas lembranças. Preciso colocar uma foto da cidade, né? Então até mais...
Crédito para a foto.

domingo, 15 de junho de 2008

Mensagem para você...


Crédito para a foto e desenho de Annejulie.

Hoje é o seu aniversário então fiquei pensando numa forma diferente de chegar até você. Claro que também pensei em presentes que pode gostar muito, mas agora preciso de um desenho feito com palavras. Sincero e afetuoso para expressar o nosso desejo: que este seja mais um dos seus dias especiais.

FELIZ ANIVERSÁRIO,
MARIA LUÍSA!
Beijos:
Turi
Aixa
Anny.

sábado, 14 de junho de 2008

Torta Salgada de perfil..


Torta Salgada de perfil.., upload feito originalmente por Paty Boechat.

Crédito para a foto de Paty Boechat.

Frigideira...

Quando vim morar na Bahia, tive que aprender a cozinhar diferente. Mineiro gosta muito de alho e baiano é comedido neste tempero. Só descobri este detalhe quando comecei a cozinhar. Antes disso trabahava fora de casa e tinha quem fizesse a comida. A encrenca começou quando meu filho começou a dizer que não gostava da minha comida. Ai,ai. Até eu descobrir que ele estava se referindo ao cheiro, me senti muito mal. Péssima, melhor dizendo. Como foi que cheguei a esta conclusão salvadora? Procurando no supermercado um tempero que tivesse todos os ingredientes usados na comida baiana. Até descobrir um Tempero Pronto da Tropicana que tem os seguintes ingredientes: pimenta do reino, cominho, fubá de milho, coentro, urucum, folha de louro e nóz moscada, moídos e sem sal. Rapaz, um tempero cheiroso e igual ao que meu filho andava procurando na minha comida e não achava. E foi assim qu comecei a pegar uma receita aqui e outra ali, até chegar às deliciosas Frigideiras. Fáceis de fazer e pode usar diversos ingredientes.
Vou listar alguns: maxixe, repolho, cenoura, cebola, chuchu etc. A receita básica:-Cozinhar as verduras no vapor ou com pouca água, temperar e deixar esfriar um pouco.
.01- 04 ovos
.02- 01 colher de sopa de óleo ou manteiga
.03- 02 colheres de sopa de parmezão ralado
.04- Uma pitada de sal
-Bater no liquidificador por um minuto.
Passar manteiga ou óleo num refratário. Misturar as verduras nos ovos batidos e colocar para assar 20 minutos em temperatura média.
Uma delícia! E não tem erro. Ah e ainda pode inventar...

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Sexta-feira 13...

Crédito para a foto
Hoje de manhã fui caminhar e voltei no meio do caminho. O tempo estava fechado. Nuvens bem escuras e um vento frio me fez sentir que não era uma boa idéia. Quando acabei de chegar no 12° andar, a chuva começou. Então fiquei feliz por não ter tomado chuva e por ter acreditado na minha capacidade de avaliar bem a situação. Não é sempre assim. Estou quase sempre duvidando do que sei, do que sou capaz de observar. Então escolhi agora não mais verbalizar o que estou percebendo. Desde que não me prejudique, é claro. E ponto final. Esta foto do Japão porque o programa de hoje à noite "Globo Repórter" vai ser sobre os brasileiros que trabalham lá. Tenho uma irmã que foi com o marido e dois filhos. Foi numa época em que estava difícil arrumar trabalho aqui no Brasil. Espero que todos estejam bem pois há tempos não tenho notícias deles. E agora desejo um bom fim de semana para todos e uma ótima sexta-feira, sem gatos pretos.Rsrsrsrs!...

terça-feira, 10 de junho de 2008

Um pouco de cada coisa...


Crédito para a foto de Edyne, uma amiga muito especial que me mandou as fotos de seu jardim. Fiquei pensando sobre este assunto. O jardim da minha amiga, foi feito no apartamento dela e fiquei com a maior vontade de ter o meu. Ah, já tentei fazer um. Deu tanta confusão que acabei desistindo. E depois é preciso que se analise o local. Moro de frente para o mar e quando venta forte, não tem planta nem gente que aguenta. Sei que a minha vizinha Graça, adora plantas e fez um jardinzinho. Mas ela modificou a janela. Como não vou fazer isto, continuo sem meu jardim físico. Então construi um que é uma beleza. Usei minha imaginação e parei de ficar me queixando. A maioria das pessoas gostam de um jardim. A Lunna, esteve aqui outro dia e disse que estava indo cuidar do seu. Mexer com plantas é muito bom. Lembro da primeira horta que plantei. Não deu certo, mas a experiência foi muito boa. Descobri que ter hortas e jardins, não é só uma decisão e pronto. Exigem conhecimentos a respeito do assunto. Penso que a maioria dos nossos objetivos, morrem por causa disso. Como podemos aprender a desenhar se não vamos aprender como fazer isto. E que leva tempo, dedicação, trabalho. Gosto de aprender a fazer coisas. Tenho mania de aprender. Quando o que quero aprender é difícil e demorado aprendi a dar os primeiros passos e ir devagar. Ah, é difícil. Muito difícil. Quero tudo para ontem e este é um exercício de paciência e repetição. Nem sempre muito agradável para quem não tem pressa. De ir onde mesmo? Sei não...

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Comidas fáceis de fazer...


La Boulange Omeletes with Side Salads, upload feito originalmente por AlleyesonJenny.

Crédito para a foto

Conversei hoje com Ginesa, minha colega de Pilates e ela me perguntou quando eu ia mandar as receitas para a filha dela que mora na Inglaterra. Fiquei pensando em como fazer isto de maneira mais fácil. Tentei mandar via e-mail e não consegui "Server Too Busy..." no IE. Fazer o que? Um post com as receitas, né?
Qual a comida mais fácil e sem complicação? Um ovo frito. Como? Muito simples.
.01- Colocar uma colher de chá de óleo de canola(que é mais saudável) na frigideira de teflon em fogo baixo.
.02- Quebrar o ovo numa xícara e colocar na frigideira.
.03- Colocar uma pitada de sal em cima do ovo.
.04- Quando o ovo ficar mais consistente, virar para cozinhar o outro lado.
.05- Virar o ovo e colocar no prato para comer.

Mais uma variação: (receita de Aixa)
.01- Bater 02 ovos com uma pitada de sal, orégano e pedaços de queijo.
.02- Passar óleo na frigideira com o pincel ou com as mãos.
.03- Colocar a mistura acima na frigideira em fogo baixo. Esperar dourar a parte de baixo e depois virar.
Obs.: O que você pode colocar no omelete: orégano, cebolinha, manjericão, salsinha ou outro tempero que gostar: cebola ou alho. Pode inventar...

domingo, 8 de junho de 2008

Para que serve a leitura...

Crédito para a foto.
Levantei tarde hoje. Como ainda não posso caminhar, aproveitei para ficar espreguiçando e pensando como fazer o meu dia hoje. Pura tortura. Ah, bom mesmo é começar o dia com uma boa caminhada e depois um banho gostoso e tudo fica no lugar certo para começar. O começo hoje vai ser diferente, então me preparo para ele. Procuro coisas para fazer antes de ir para a cozinha fazer o almoço. Ler é uma escolha boa. Preenche minhas exigências internas e externas, já que adoro ler. Uma crônica chamada "A arte maior" do livro Non-Stop de Martha Medeiros diz para que serve a leitura. Ela faz uma bela lista. Fiz questão de contar 17, mas pode ter mais. Leitores sempre têm interpretações diferentes dos escritores, certo Martha? Os motivos que ela enumera são fantásticos. Serviu para mim e serve para você também, que se tiver mais alguma coisa a acrescentar, será bem vindo. Então vamos à eles:

01- Para ter senso crítico.
02- Para não engolir tudo facilmente o que nos despejam goela abaixo.
03- Para entender o que está enxergando.
04- Para ser o combustível que nos conduz às demais manifestações artísticas.
05- Para que possamos ir a museus e recitais de arte, teatro sem que lhe pareça muito caro e com a sensação de que nada recebeu em troca.
06- Para entretenimento também.
07- Para diversão e educação.
08- Para dar consciência da amplitude dos sentimentos.
09- Para te justificar como ser humano.
10- Para destruírem um a um os preconceitos.
11- Para te dar desejo de viajar.
12- Para te tornar mais tolerante com as diferenças.
13- Para ter ânsia de investigar mais e profundamente seu mundo secreto e de cada pessoa.
14- Para abrir caminhos pra você buscar este conhecimento através das pinturas, cinemas e musicais.
15- Para que você não leia só o que é inevitável: outdoors, manchetes de jornais, propaganda em ônibus.
16- Para que você saiba mais a respeito de si mesmo.
17- Para incentivar nossa própria perseguição...

Se estas razões não fora suficientes para você ler, não está sozinho. Infelizmente tem muita gente que despreza a leitura. Têm medo de mudanças que elas possam provocar. Que pena! A mudança é sempre para melhor. Experimente...

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Todo dia é dia de cuidar do meio ambiente...


Acredito que todo dia é dia de cuidar do meio ambiente e hoje saí com toda minha boa vontade e paciência para ir ao supermercado e cobrar as EMBALAGENS BIODEGRADÁVEIS que por incrível que pareça ainda não existem aqui em Salvador. Não que eu saiba. Se alguém souber de algum lugar com este produto por favor informe aqui. Vou ficar muito agradecida. Para dar me dar mais uma chance de ter uma alguma resposta porque até agora ainda não tive nenhuma, resolvi ligar para o 0800 do dito supermercado. Atenderam duas jovens muito simpáticas: Carla e Patrícia mas que não me responderam o que estou querendo ouvir: "Foram compradas os SACOS DE LIXO BIODEGRADÁVEIS". Que pena, ainda não foi hoje.

Acredito também que todos nós podemos fazer um pouco todos os dias: ficando menos tempo no banho, apagar as luzes quando não estamos no ambiente, separar o lixo de casa, usar menos detergente, colocar o lixo no lixo, juntar o óleo usado em fritura numa garrafa pet, usar menos água para escovar os dentes. Então se cada um fizer a sua parte todos os dias como uma lição aprendida, podemos sim ter certeza que nossa ação faz diferença. Sempre podemos influenciar alguém...

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Uma teia...


, upload feito originalmente por Emerson Loureiro.

Crédito para a foto de Emerson Loureiro.

Fiquei muito angustiada ontem por não saber como resolver alguns problemas que apareceram. Interessante verificar que estou sempre à procura de soluções e se estas não acontecem, uma sensação de impotência me acompanha durante todo o tempo em que a situação persiste. Parece uma teia. Tudo interligado mesmo que pareçam situações diferentes. Ontem a caixa de comentário desapareceu e eu não sabia até que Denise me avisou. Um blog sem comentários? Que coisa mais triste. E não adiantou lamentações. Ah, mas lamentei assim mesmo. Então não achei graça ficar navegando na Internet. Recolhi minhas tralhas e fui dormir cedo com este pesadelo. Será que não devia ter mudado de comentador? Como fazer para voltar para o blogger? Claro que algum exagero, nem consegui dormir direito. E hoje para não ficar pirando com este assunto, resolvi escrever. Se alguém sabe como me ajudar ou tem uma opinião a compartilhar, pode deixar seu recado. Será muito bem vindo. Se a caixa de comentários estiver disponível, então vou ficar muito feliz. Caso contrário espero até a situação mudar. E o dia em que meus comentários sumiram? Pirei. Coisas de Internet, que ainda não tinha experimentado. O que fazer? Não sei. Tudo provisório. Lidar com isto é o grande desafio...

YouTube

Loading...