quinta-feira, 8 de maio de 2008

Lembranças...


Me lembrei docê com este pequeno poema. (Bunitim e romântico, cê num acha?)
Um abraço,
Antônia

"Compreendi que a vida não é uma sonata que, para realizar sua beleza, tem de ser tocada até o fim.
Dei-me conta, ao contrário, de que a vida é um álbum de minissonatas.
Cada momento de beleza vivido e amado, por efêmero que seja, é uma experiência completa que está destinada à eternidade.
Um único momento de beleza e de amor justificam a vida inteira."

(Rubem Alves - Concerto para corpo e alma)

Recebi este e-mail de Antônia, uma mineira que também mora em Salvador e conheci porque fazíamos Pilates. Ela deixou de fazer e agora só nos comunicamos virtualmente. Coisas de seres humanos. Rs!

Hoje está chovendo aqui. A cidade fica muito triste. Olho em direção ao mar e não o vejo. Ficou da cor do céu que está cinza. Eles se confundiram. Ouço o barulho da chuva e me lembro das brincadeiras de criança. Adulto não brinca na chuva. Só criança sabe brincar com o que tem disponível no momento. Que pena! Mas podemos dar uma trégua a este adulto e levá-lo para passear por aí. Descobrir coisas engraçadas ou rir do que aconteceu. Hoje fui recuperar uma senha e me perguntaram onde conheci meu marido. Achei que era uma brincadeira e entendi a pergunta assim: "Onde escondeu seu marido? Respondi "No armário". E fiquei dando risada com a doidera. Ah, só pode. Neste ponto o Gmail é melhor. Manda logo refazer a senha. Mas dei muita risada. A outra coisa engraçada que li hoje foi "Bater pernas online". Isto aí li no Globonline. Invenção. Não foi para rir, mas a imagem que imaginei me fez dar boas risadas. E assim vou colhendo situações que vão melhorando o dia que nasceu cinza e insiste em não trocar de cor. Lembrei de uma outra coisa aqui que só foi bom depois que acordei. Não, não foi com o inferno do texto de Alessandro Martins que sonhei. Foi um sonho sem pé nem cabeça que tive com minha comadre Lídice. Íamos viajar de helicóptero. Ai,ai. Só em sonho mesmo. E o sonho ou pesadelo terminou com a viagem numa caminhonete sem capota e eu morrendo de frio acordei. O engraçado do sonho? Nunca viajei com minha comadre...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é uma forma de conversa online.
Deixe sua opnião ou questione.
Não seja anônimo!
Obrigada.
Bem vindo!

YouTube

Loading...