quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Aprender é...


“A Natureza atinge a perfeição, mas o homem nunca. Há uma formiga perfeita, uma abelha perfeita, mas o homem é perpetuamente inacabado. É ao mesmo tempo um animal inacabado e um homem inacabado. Essa falta incurável de acabamento separa-o dos outros seres vivos pois, na tentativa de acabar-se, o homem se torna um criador. Além disso, a incurável falta de acabamento conserva-o perpetuamente imaturo, perpetuamente capaz de aprender e crescer.”
Eric Hoffer
Reflections on Human Conditione


Fico pesando nas pessoas que se recusam a aprender quando chegam a determinada parte da vida. Será que aprender é dolorido ou significa dor? Talvez aprendizagem significa mudança e mudar um processo dolorido. Sei não. Só suposição. Uma auto explicação para compreender o comportamento alheio. “Não quero aprender mais nada!” Você já ouviu isto? Eu já. Fiquei chocada. A conversa acabou e fui saindo de mansinho. Fui ver televisão. Hora de não pensar em mais nada... Partir para o plano B. Ah, nem me fale em ficar olhando o tempo ou como muitos dizem “para matar o tempo” e arrumam coisas para fazer, com esta intenção. Muito triste. Mas, não posso mudar o comportamento de ninguém. Embora acreditasse nisto piamente durante uma parte da minha vida. Coisa de quem está apaixonada. Isto vale outro texto. Deixa este assunto prá lá, neste momento. Vamos ao que interessa. Tenho paixão pelo aprender. Estou sempre pronta para ele. Não sabia quanto, até inventar de ter um blog. Gente, tem é coisa para aprender. Todos os dias. Um desafio que resolvi encarar, quando achei que ficar na Internet mandando mensagens para as amigas, não justificava estar tanto tempo “logada”. Dizia para meu filho que estava lendo notícias. Como assim? Isto não leva tanto tempo assim. Na verdade estava lendo e comentando em blogs. E isto leva mesmo um tempão, se você quer dar uma resposta à altura do que foi perguntado. Porque faz parte da “conversa” entre blogs ser inteligente nas suas respostas. Acrescentar algo ao que foi proposto, não é mesmo?

6 comentários:

  1. Este post foi escrito pensando nas minhas amigas que se recusam a aprenderem tecnologias como mexer em computador, celular,etc. É o desafio de hoje. Não importa a idade...

    ResponderExcluir
  2. Quando vc tiver um tempinho passe lá no meu canto. Bjkª especial. Elza

    ResponderExcluir
  3. Conversar, dialogar, acrescentar, subtrair, desabafar e por último e não menos importante, pensar.
    Essas atividades dimensionam os blogs como uma nova abertura para a literatura. Para apresentar nossas razões e sentimentos para o outro. Não é fabuloso? Rico? Você é um exemplo de desassossego. Bom e construtivo;siga, persevere e prospere. Estarei aqui atrás, lendo, concordando, discordando, mas sempre apoiando. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pelo comentário que vc fes aqui Elza.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Djabal:
    Obrigada pelo comentário carinhoso.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. E cómo você sabe que as formigas são perfeitas?
    Acaso você tem olho de formiginha?

    ResponderExcluir

Seu comentário é uma forma de conversa online.
Deixe sua opnião ou questione.
Não seja anônimo!
Obrigada.
Bem vindo!

YouTube

Loading...