sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Como parei de fumar...


Lembro como se fosse hoje o dia em que parei de fumar. Isto faz mais de 10 anos. Não me tornei uma ex-fumante chata, mas minha comadre de dizia que só faltava agora virar Budista e parar de comer carne.Hehehe! Até que parei de comer tanta carne e ainda não me tornei Budista. Bem, o objetivo começou a ficar claro para mim, quando cheguei a conclusão de que só estava tendo umas respostas nada convincentes para o meu, vamos dizer, problema. Comecei então a me perguntar "Para que estou fumando?" e as respostas não eram variadas. Eram do tipo "Para relaxar", "Para não me sentir sozinha", "Para não engordar". Caramba! Não acredito que só estas três respostas, estão sustentando um vício que está me deixando mal comigo mesma. E todos os dias me fazia a mesma pergunta e comecei "a me observar". Sabe como é? Então, qual a hora que mais gosto de fumar? Eu me perguntava. A resposta vinha de imediato: "Depois do almoço, logo após um cafézinho." Então lá ia eu fumar na escada porque meus filhos pediram para que não fumasse dentro de casa. Ficava lá "curtindo o veneno" Todo dia depois do almoço. Depois passei a negociar comigo mesma. Com o dinheiro do cigarro posso comprar mais livros. Vou ficar mais cheirosa, meus cabelos nunca mais vão ficar fedorentos. Minhas roupas vão ter perfume de roupa limpa e não de defumadas. O que fiz, na verdade, foi um auto-convencimento. E me senti desafiada a achar outras respostas para o meu próprio bem estar. Finalmente consegui ficar de bem comigo mesma. Porque antes com certeza, estava "de mal". E hoje ainda devo ter restos de fumo no organismo, mas tenho um imenso orgulho de ter vencido esta parada. Tenho sim.
Este depoimento eu ofereço a Joaninha, que está deixando de fumar.
Crédito para a foto, que bem poderia ser o desenho do Blog Linha.

6 comentários:

  1. Excelente, vou enviar este post para minha irmã que está tentando parar.

    Obrigada.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Esse vício é terrível. Agora cuidado para não voltar, pois as pessoas voltam fumando em dobro.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Vanessa:
    Obrigada pelo comentário e bom proveito.
    Até mais!

    ResponderExcluir
  4. Milton:
    Obrigada pelo comentário. Felizmente já faz muito mais de 10anos que parei de fumar e isto de voltar, nem existe como possibilidade. Foi uma resolução interna. Comigo e com meus fantasmas. Hehehe!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Eu consegui também, fumei por 10 anos, e o principal fator pra parar foi mesmo não fazer sentido se estragar por tão poucos motivos. fui pesando na balança os pros e contras e tinha mais motivos pra parar do que podia imaginar. Daí foi um "processo" que levou quase dois anos,experimentando tudo quanto é tipo de método. A solução foi ir reduzindo, deum maço e meio por dia , depois para um maço, meio maço, tres cigarros por dia até decidir por não comprar mais, isso me obrigava a ficar pedindo, e por vergonha não pedia muito, assim diminui até que consegui dizer "hoje não!" e os dias foram se sucedendo e comisso jáfazem 5 anos que parei.

    ResponderExcluir
  6. Reicla:
    Obrigada pelo comentário.

    ResponderExcluir

Seu comentário é uma forma de conversa online.
Deixe sua opnião ou questione.
Não seja anônimo!
Obrigada.
Bem vindo!

YouTube

Loading...