sábado, 31 de maio de 2008

31 de Maio - Blogagem Coletiva...



Nem sei quando parei de fumar. Foi um objetivo que alcancei e não vou dizer que foi fácil, porque estaria mentindo. Difícil e com recaída. O dia que me vi livre do vício, foi uma sensação de liberdade e de estar tomando conta da minha vida. Se lembro que fumei? Não agora que o cheiro da fumaça me faz mal. Fico com o nariz entupido e com mal estar. Pois é, quem já tinha inalado o veneno por muitos anos. O que ganhei? Uma pele mais limpa, um cabelo perfumado, mais saúde e o agradecimento dos meus filhos. Não ganhei mais peso. Tinha um medo horroroso disso acontecer comigo
e fiquei protelando por causa disso também. O que mais reafirmou minha vontade de parar foi ficar me perguntando todos os dias "Para que estou fumando?" "Qual o objetivo?" Como nenhum deles me convenceu, fiquei observando as horas que fumava e o que sentia depois. Como fumava pouco, fui ficando enjoada com o cheiro na boca e gosto então! Um dia parei. Esqueci. E olha que parei com uma carteira de cigarro dentro da bolsa. Chegou a mofar. Não me fazia falta mais...

Esta blogagem foi prosta e organizada pela Luciana e pelo Nando Damásio.

A Bolsa Ecoblogs em Salvador...

Crédito para a foto de Aixa.
Recebi ontem a minha sacola Rede Ecoblogs, presente de Lucia Freitas do blog LadyBug Brazil.
"Esta sacola, feita de garrafa pet reciclada, é uma ação da Rede Ecoblogs, um agregador de posts relacionados ao tema da sustentabilidade publicados pelos blogueiros participantes. Além disso, a Rede funciona como uma Biblioteca Online, deixando disponível, organizado, acessível e aberto o conteudo replicado nos blogs.
Atualmente a rede conta com 5 participantes que foram selecionados entre aqueles que como você eu, estamos mudando pequenos hábitos, velhas rotinas, buscando e compartilhando conhecimento sobre meio ambiente e sustentabilidade. Ao mesmo tempo que conduzem e relatam uma vida normal - de trabalho, preocupações, estudo, diversão e relacionamento - seus blogs, antes mesmo de estarem reunidos aqui, já publicavam experiências e registros sobre ecologia, reciclagem, preservação, consumo consciente, tecnologias limpas, alimentação orgânica, etc. São pessoas autênticas e criativas que pensam e trabalham para um mundo sustentável:
. Sturm und Drang - Denise Rangel
. O Escriba - Jorge Cordeiro
. Ladybug Brazil - Lucia Freitas
. Guindaste - Carol Costa
. Rodrigo Barba - Rodrigo Barba

A Rede Ecoblogs ainda conta com o apoio da Fundação MAPFRE um importante incentivo para que o conteúdo criativo e de qualidade que os blogs atingiram, continue e evolua cada vez mais. A fundação, ligada a MAPFRE Seguros, além de projetos na a´rea de meio ambiente, gestão de risco e saúde, atua em educação, segurança no trânsito e no desenvolvimento do setor de seguros, na América Latina, Portugal e Espanha.

Contamos com sua visita e com seu apoio à Rede Ecoblogs.

Um abraço,
Equipe Rede EcoBlogs"
www.ecoblogs.com.br

Este foi o comunicado que recebi no dia em que a minha sacola retornável chegou. Fiquei muito feliz e fui logo fazer um post, mandar um retrato para Lúcia Freitas e agradecê-la pelo presente.
Aprendi muitas coisas novas com o pessoal do Ecoblog que quero mencionar aqui: com a Denise aprendi a fazer sabão com o óleo que estava juntando, com a Carol aprendi inúmeras formas de usar o vinagre como forma alternativa de material de limpeza. Que ensino a quem quer e a quem não quer também.Rs! Quem manda estarem ouvindo ou lendo?

Obrigada pessoal da Equipe Rede EcoBlogs. Podem contar com minha visita e apoio. Vale!

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Tempo...

Crédito para a foto. "A mensagem de hoje é:
A vida é curta, quebre as regras, perdoe rapidamente, beije demoradamente, ame verdadeiramente, ria incontrolavelmente, e nunca deixe de sorrir, por mais estranho que seja o motivo."

Recebi esta mensagem hoje, da minha amiga Albaniza. Não tive dúvidas e resolvi dividir com todos os que comentam aqui e também com os que só lêem. Talvez porque nos levarmos muito a sério, esquecemos completamente de que a vida é curta...

Tenho também uma pergunta que não quer ficar sem fazer:- Existe um lugar para ser feliz? Vejo e ouço muitas pessoas queixando da cidade onde mora, da casa onde vive e fiquei me perguntando se existe um lugar específico para sentir bem. Porque para mim a felicidade é um estar bem dentro de si mesmo. Com defeitos e qualidades minhas e dos outros também. E isto significa dar um fim a minha angústia de querer fazer o mundo e as pessoas serem do meu jeito. Um projeto impossível que o amor com sua cegueira característica, nos faz acreditar nele. E deixando de fora o amor, outras razões internas podem nos fazer caminhar por aí, numa crença inútil que o tempo, só o tempo vivido vai ser suficiente para colocar uma distância que nos permite ver mais claramente. Chegamos a conclusões todos os dias. Em cada livro que lemos, em cada frase, em cada texto. Um pouco de nossas respostas pessoais em cada canto. Recolhemos o que for mais conveniente no momento e escrevemos um texto, por exemplo...

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Sacolas retornáveis...

LadybugBrazilLi ontem o post: "Ecoblogs tem uma sacola. Ganhe a sua" Pensei que a promoção já tinha acabado e fiquei triste. Coisa de gente apressada. Fui ler mais no link rede Ecoblogs e a pergunta bem grande "Quer ganhar uma sacola Ecoblogs?" Responda à pergunta: "Por que você leva a sua sacola retornável ás compras?"
Um dos motivos é que a sacola retornável é usada para que eu não leve para casa as terriveis sacolas do supermercado, que não são recicláveis e nem bio-degradáveis. Poluem o meio ambiente. E mais uma razão pode ser lido neste link aqui, que me deixou chocada. Claro que usar uma sacola dessas no supermercado aqui, vai chamar atenção. O pessoal não parece muito preocupado com poluição. Hoje cedo, fui comprar verdura e aproveitei para perguntar ao gerente se eles tinham o saco para lixo bio-degradável. Responderam que não. Perguntei a quem queixar e me mandaram entrar no site do supermercado. Quer dizer, não se prontificaram a dar uma resposta, eu que me virasse.
Foi o que fiz. Vamos ver em quantos dias vou ter a resposta e claro que deixei o endereço do blog, para lerem sobre SACOLAS RETORNÁVEIS...
Crédito para a foto de Lucia Freitas.

sábado, 24 de maio de 2008

Bolo de chocolate...


mjc37423, upload feito originalmente por wiccked.

Crédito para a foto

Fiz um bolo de chocolate e lembrei de Milton que adora. Principalmente se for com a massa da cor de chocolate bem escuro. Desta vez, não vou colocar a receita, porque ela vai estar no Ratatouille para você ver mas vou fazer a seguinte comentário: se quiser facilitar e colocar tudo no liquidificador batendo por um minuto, também dá certo. Outro dia, conheci a Ivoneide e ficamos conversando sobre receitas de bolo. Ela já foi doceira e conhece este assunto muito bem. Afirmou o que eu já tinha comprovado, não tem mistério. Sabe, aquele lance de esperar os ovos ficarem na temperatura ambiente, para que o bolo não sole? Conversa fiada. Faço todos os bolos com leite gelado, ovos gelados e bolos lindos no final. Ah, não sei como esta "graça" começou acontecer comigo. Aliás, sei sim. Um dia, precisava fazer um bolo rápido e comentei com Laís uma amiga gaúcha e muito prática na cozinha. Ela foi logo dizendo"Comigo não tem nada disso. Coloco tudo gelado e nunca deu errado." Então, resolvi copiar dela. Facilitou muito, né? Barbarela fica me perguntando quais receitas minhas são deste tipo e respondo que atualmente, todas...

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Quando falar em público ...


Luciana do blog Dia de Folga fez um post contando como ganhou este livro e propôs para que cada um contasse sua história de quando foi falar em público pela primeira vez. A minha foi um tanto traumática, mas quando saí dela dei muita risada, que é minha maneira de olhar por outro ângulo e aprender com cada situação. Traumática ou não. Fui convidada para dar aula de Educação Artística para quatro turmas. Quando entrei na sala de aula e percebi um mundo de olhinhos curiosos de adolescentes olhando para mim, minhas pernas ficaram moles. Levei um choque porque naquele instante compreendi o que fui fazer ali. Foram bons tempos de experiências aprendizagem também. Se tivesse lido um livro como este, garanto que teria enfrentado melhor a situação. Agora, fazer que nem a Lúcia com o endereço de blog? Normal, fiz o mesmo dando o endereço do Blog Linha.Rsrsrs!

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Everyday a miracle...


Everyday a miracle, upload feito originalmente por MARI Curbani.

Esta foto mostra que todo dia acontece um milagre. Crédito para a foto.

E acontece mesmo. Hoje fui ao supermercado, como acontece com quase todas as quarta-feiras. Um dia comum não fosse minha paixão por chocolate me fazer parar para escolher um. Bem na hora em que outra pessoa (a Mauri), interessada também em chocolate para o marido,fizesse o mesmo . Conversa vai, conversa vem e o assunto caiu em internet. Menina aí o assunto rendeu. Começamos a conversar e a descobrir pontos em comum. Por exemplo, amor aos livros, leitura de blogs, amizades virtuais. Uma delicia de conversa. Não fosse as visitas dela esperando a conversa ía durar mais. Este post é dedicado a ela que também vai ter um blog. Vai contar como é morar em Salvador, adorar gatos, livros e ser feliz...

terça-feira, 20 de maio de 2008

Aprendendo...

Crédito para a foto.
Gente, a minha arrumadeira chegou aqui hoje com uma tosse horrorosa. Sabe como é? Ah, você sabe sim. E aí fiquei pensando em como ajudar. Lembrei que há alguns dias atrás, li no Twitter que Inagaki estava queixando de gripe e logo depois o Edney. Meu Deus, só publicando alguma receitinha básica para ajudar os blogeiros que são famosos e conhecidos mas que também ficam doentes com uma gripe normal, mas que com uma ajudinha ela vai embora mais rápido. Na verdade, eles até devem ter sarado neste momento, mas a Neide estava precisando. Ralei dois dentes de alho numa colher de sopa de azeite e disse a ela para colocar por cima da comida. E não é que está quase na hora dela ir embora e a tosse melhorou? Experimente. Vai ficar com cheiro de alho eternamente? Não. O azeite suaviza o cheiro forte de alho. Está com vergonha de ficar cheirando a "espanta vampiro"? Desmarque o encontro. Faça isto à noite, onde não precisa ficar perto de ninguém, só de você mesmo. No dia seguinte, está ótimo. Pronto para outra. Rsrsrs!
Cheguei um dia para fazer Pilates e as duas fisioterapeutas estavam gripadas. Expliquei como sarar a gripe rapidinho. Nem deram confiança. O motivo? Ah, já sabem. O medo de ficar com cheiro de alho perto dos namorados...

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Meme...

Este meme consiste em pegar o primeiro livro que você encontrar à sua frente, abrir na página 161, procurar e postar em seu blog a a 5ª frase completa e repassar para outros 5 blogs. Este foi o meme que Sam me passou. Então escolhi uma frase do livro de crônicas Topless de Martha Medeiros. A 5° frase da crônica "O Terceiro Lado Da Moeda" diz

"Terceiro sexo são todos os homens que choram, que cozinham, que são afetuosos, que gostam de mulheres e não de serventes. Terceiro sexo também são todas as mulheres que não se condenam, que não engolem sapos, que gostam de homens e não de provedores. Terceiro sexo são todos os homens e mulheres sem estereótipos e sem papéis estabelecidos."

Tenho uma admiração muito grande por Martha Medeiros e recomendo todos os livros dela. Este assunto dessa crônica da qual transcrevi um parágrafo e não apenas uma frase, responde muitas dúvidas dentre as inúmeras que nos assaltam pela vida. Espero ter acrescentado mais uma "Linha" neste desenho da blogosfera. E convido os seguintes blogs para continuar com o assunto: Osc@r, Luiza Gomes, Ulisses, André e Alexandre Kovacs

Uma boa semana para todos e boas leituras...

domingo, 18 de maio de 2008

Selo...

Seguindo as intruções de Oscar, fiz o meu primeiro selo. Claro que isto é apenas uma das experiências que mais gosto. Dá a impressão de que estou usando caminhos que ainda não são seguros porque sei mais ou menos o que quer dizer. Não é seguro, porque talvez nem saiba repetir. No fundo isto é um desafio. Um risco. Pode dar certo e pode dar errado. É só isto. E "O amanhã começa hoje." Como um desenho repetido, cada vez melhor se eu for cuidadosa em melhorar os traços. Construir uma ponte entre o que sei e o que desconheço. Explorando possibilidades e mundos nunca antes habitados nem em pensamentos. Amém...

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Seduzir...

Crédito para a foto de Aixa.(Vale do Capão)
Embora tenha mais significados, atrair e fascinar são as duas palavras perfeitas para expressar a palavra seduzir. Começo então com uma pergunta para me orientar nas respostas e faço uma pequena lista (descobri para que servem) rs! O que me seduz? A palavra:
.bem escrita(no lugar certo, na hora certa)
.desenhada com capricho, carinho e olhada de vários ângulos para checar qual o melhor ponto de vista
.sussurrada bem baixinho
.em forma de poema
.em forma de canção
.nos livros de pessoas queridas
.nos contos dos amigos
.nos comentários
.no amor demonstrado ou no escondido
A imagem:
.de uma flor
.de uma praia ao por do sol
.de uma floresta
.de uma estrada
.do mar bem de frente da minha janela
O desenho:
.de uma casa ou o croqui (com todas as possibilidades a serem desenvolvidas)
.de um rosto ou uma caricatura
.de um quadro abstrato ou figurativo
.de uma aquarela.
Na verdade sou seduzida pela vida e pelas suas inúmeras possibilidades. Em cada olhar diferente descubro ângulos ainda inexplorados. Situações novas. Umas desafiadoras e outras corriqueiras e sempre com o encantamento de poder ser sempre surpreendida por contos de Alessandro Martins no Cracatoa...

quarta-feira, 14 de maio de 2008

O que você pode fazer ao mesmo tempo?

Crédito para a foto de Aixa do Vale do Capão.
Hoje estava na cozinha fazendo o almoço. Então, naturalmente com duas panelas no fogo(quer dizer=fazendo dois alimentos: arroz e feijão) e tomando conta da máquina de lavar roupa. Então, estava fazendo 03 coisas ao mesmo tempo. Não sei se consigo fazer mais do que isto. Ah, já tentei e deu errado. Muito errado. Estava com o computador ligado. O que aconteceu? A panela queimou. O que foi uma droga. Até que aprendi com a vizinha, a ferver casca de cebola na panela queimada. Ficou limpinha. Adorei, mas evito de repetir a dose de imprudência.Rs! E você? Quantas coisas pode fazer ao mesmo tempo? Já contou ou prestou atenção? Venha contar aqui...

Hoje fui visitar a minha amiga Luciana e ela me indicou para um meme:Here are the rules.
Post these rules on your blog.
Answer these 15 questions about yourself.
List: 3 joys, 3 fears, 3 goals, 3 current obsessions/collections, 3 random/surprising facts
Tag five people at the end of your post by leaving their names.
Let them know they are tagged by leaving a comment on their blog.

Luciana tagged me, so....

Tradução:

Estas são as regras.
Coloque estas regras no seu blog.
Responda estas 15 perguntas sobre você.
Liste: 3 alegrias, 3 medos, 3 objetivos, 3 obsessões atuais/coleções, 3 fatos surpreendentes
Marque cinco pessoas no fim do post, deixando seus nomes.
Deixe que eles saibam que foram indicados deixando um comentário em seus blogs.
Luciana me indicou, então....

Então aqui está

.03 alegrias: - Ler, desenhar, escrever...

.03 medos: - Não ter medo: o medo preserva a vida.

.03 objetivos: - Escrever melhor, ler, aprender mais para não ser uma analfabeta digital

.03 obsessões atuais/coleções: - Aprender a mexer com o Corel Draw, reaprender ingles, ter um blog com um belo designe.

3 fatos surpreendentes - Quando meus filhos nasceram, quando eles passaram no vestibular e quando consegui fazer um blog...

E agora vou indicar minhas queridas:
Sam
Lunna
Luma
Kiara
Georgia


E para finalizar, vou indicar o blog Palavras Intimistas da Susana Martins e espero que gostem. Um bom fim de semana para todos...

terça-feira, 13 de maio de 2008

Do tamanho...


Hoje cedo fui caminhar e encontrei Lúcia, uma boa companhia para conversas que fazem bem à alma ao coração e as muitas risadas que fazem bem aos dois. Já que foram recheadas com elas.

Fico prestando atenção no tamanho dos problemas e das soluções que encontramos pela vida. Imagina você que ao abrir a porta da geladeira hoje de manhã, fiz o favor e a "mágica" de derrubar um ovo. Unzinho só que estava na porta. Ah, já sei. Não é lugar para ovos. Não é. É modelito antigo e é "slim". Muito na moda para meu gosto e "apertada" para ser boa. Quer dizer, a geladeira. Então, com o ovo no chão tive que improvisar um jeito de limpar. Quer sujeira mais nojenta? Se eu tivesse farinha de mandioca, estava fácil. Não tenho e o jeito foi jogar um pouco de farinha de trigo integral e puxar com a mão a melequeira. Eca! Consegui. Depois lavar o chão, né? Pronto. Tudo lavadinho e limpinho mas o cheiro de ovo? Ai,ai! Usei "Plush", um perfumador de roupa, para "abafar" o caso. Melhorou. Agora fui lá ver como estava o odor e abrir a janela da sala para ventilar. Pois é. Podia prever que isto ia acontecer? Claro que não. Podia ficar com raiva e quebrar todos os ovos? Podia, mas quem vai limpar? Euzinha. Então resolvi optar por uma ação que me respeitasse mais. Limpar e dar risadas com o desastre momentâneo. Rs! Uma boa escolha, não acham?

sexta-feira, 9 de maio de 2008

No que acredito...


No que acredito ser um bom jeito estar aqui agora é um bom assunto para hoje. Pensando bem, nada é definitivo. Nada. Tudo é provisório. Então por que insisto em procurar jeito de sofrer mais ainda, sendo grosseira, intolerante, intratável, mal humorada? Este é um pacto perfeito com a solidão e o mal estar comigo mesma e com o mundo. E aí te pergunto:"Você faz rascunho da vida ou arrisca escrever sem pensar?" Ah, confesso que faço dos dois jeitos. Uns dão certo outros ficam uma droga. E eu com a culpa de ter ousado pensar numa coisa tão sem pé nem cabeça. Deixa para lá. No domingo passado fiz uma Torta de Queijo com Coco que fui buscar no Ratatouille, feito pela Leandra Leal. A receita:

"Torta de queijo com coco

500 ml de leite
200 ml de leite de coco
4 ovos
2 xícaras de açúcar
1 xícara de farinha de trigo
150 gr de queijo parmesão ralado
1 pitada de sal

Basta bater tudo no liquidificador e untar bastante a forma – eu sempre uso papel manteiga para reforçar. Mais ou menos 1 hora de forno."
Crédito para a receita de Lara Leal.

Bem, sabem muito bem como é cozinha quem se atreve a desbravar este mundo maravilhoso, cheiroso, cheio de improvisos e riscos a cada receita, não é mesmo?
Há quem diga que é só ter uma receita na mão. Não acho que é sempre assim. Os riscos fazem a delícia e o inferno da cozinha. Sabe aquele lance "Vou fazer esta receita hoje." E parte para o ataque? Quando está no meio da receita, e começa a procurar os ingredientes, porque ataque é isto(o meu ataque)não existe um planejamento. Fica faltando ingrediente ou sobrando. Rsrsrs! Na receita desta torta, faltou e foi acrescentado. Como não havia 150g de queijo parmesão ralado foi 50g e 50g de coco seco. Esta foi a variação da receita. E tive que prestar bastante atenção porque teve pedido de bis. Que delícia! Espro que gostem tanto da receita quanto a galera daqui de casa. Para o dia das mães, tudo de bom. Fácil de fazer e saudável. Para completar o assunto de hoje, que tal conhecer a Isa
e a Carol? Vocês vão gostar do cantinho delas. Um bom final de semana para todos e um feliz Dia das Mães...

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Lembranças...


Me lembrei docê com este pequeno poema. (Bunitim e romântico, cê num acha?)
Um abraço,
Antônia

"Compreendi que a vida não é uma sonata que, para realizar sua beleza, tem de ser tocada até o fim.
Dei-me conta, ao contrário, de que a vida é um álbum de minissonatas.
Cada momento de beleza vivido e amado, por efêmero que seja, é uma experiência completa que está destinada à eternidade.
Um único momento de beleza e de amor justificam a vida inteira."

(Rubem Alves - Concerto para corpo e alma)

Recebi este e-mail de Antônia, uma mineira que também mora em Salvador e conheci porque fazíamos Pilates. Ela deixou de fazer e agora só nos comunicamos virtualmente. Coisas de seres humanos. Rs!

Hoje está chovendo aqui. A cidade fica muito triste. Olho em direção ao mar e não o vejo. Ficou da cor do céu que está cinza. Eles se confundiram. Ouço o barulho da chuva e me lembro das brincadeiras de criança. Adulto não brinca na chuva. Só criança sabe brincar com o que tem disponível no momento. Que pena! Mas podemos dar uma trégua a este adulto e levá-lo para passear por aí. Descobrir coisas engraçadas ou rir do que aconteceu. Hoje fui recuperar uma senha e me perguntaram onde conheci meu marido. Achei que era uma brincadeira e entendi a pergunta assim: "Onde escondeu seu marido? Respondi "No armário". E fiquei dando risada com a doidera. Ah, só pode. Neste ponto o Gmail é melhor. Manda logo refazer a senha. Mas dei muita risada. A outra coisa engraçada que li hoje foi "Bater pernas online". Isto aí li no Globonline. Invenção. Não foi para rir, mas a imagem que imaginei me fez dar boas risadas. E assim vou colhendo situações que vão melhorando o dia que nasceu cinza e insiste em não trocar de cor. Lembrei de uma outra coisa aqui que só foi bom depois que acordei. Não, não foi com o inferno do texto de Alessandro Martins que sonhei. Foi um sonho sem pé nem cabeça que tive com minha comadre Lídice. Íamos viajar de helicóptero. Ai,ai. Só em sonho mesmo. E o sonho ou pesadelo terminou com a viagem numa caminhonete sem capota e eu morrendo de frio acordei. O engraçado do sonho? Nunca viajei com minha comadre...

terça-feira, 6 de maio de 2008

Mudanças...


Créditos para a foto.
Hoje comecei o dia bem. Ah, ficar observando as mudanças de cor, de aspecto que sofrem os alimentos quando são cozidos é muito bom. A "experiência" de hoje foi fazer um doce de goiaba que começou ontem. Rs! Ah, comecei bem animada, mas estava meio tarde e resolvi terminar agora de manhã. O resultado? Fantástico. Com apenas 06 goiabas bem maduras e sem sementes uma xícara e meia de açúcar orgânico( que por acaso tinha comprado) e uma xícara de água, tudo aconteceu. Foi examente assim? Não. Meus caminhos sempre dão voltas e são modificados. As vezes dão certo e muitas um completo desastre. Ai ai. Tenho que admitir não acerto tudo de primeira. Não mesmo. Todas as que me proponho a fazer determinadas ações, posso contar com intermináveis começo e recomeço. Ah, vou contar logo. Chega de divagações bestas. Quando comprei as goiabas a intenção era mesmo fazer o doce. Esqueci que esta fruta não pode ser guardada para fazer outro dia. O cheiro ou melhor, o perfume se espalha pelo ambiente. Toma conta do lugar e tive que começar a fazer ontem e terminar hoje. Assim são as mudanças que acompanham os alimentos e as mudanças físicas. Como mudança de casa, de carro, de roupa , de dieta, de hábitos etc. Não obedecem a um plano certinho certinho. Não comigo. Tenho que estar sempre atenta para as mudanças no meio do caminho. Um texto meio doido? Acontece. E preciso ver sempre de vários ângulos sempre que começo qualquer desenho...

sábado, 3 de maio de 2008

Um caminho...


Cherry Blossom Apr 08 (8 of 8), upload feito originalmente por dedenfield.

Créditos para a foto que é maravilhosa.

Sempre que descubro um jeito melhor de lidar com a vida, situações e "otras cositas más", fico feliz. Às vezes é uma coisa que leio, vejo na televisão, numa conversa com amigos. E lá vem o insight. Ah, é isto! É assim. Tudo se ajusta e uma sensação de bem estar é sentida até a raiz do cabelo. Foi o que descobri ontem ao ler um texto de Alessandro sobre "Sofriveis adaptações de livros para o cinema." Onde ele começa assim "Sou em geral condescendente com adaptações de livros para o cinema." Comentei e no final do reafirmei "Ah, adoro esta palavra condescendente. Se você for condescendente consigo mesmo é com tudo que o cerca e é ótimo porque não ficamos paranóicos com os erros alheios e nem exigimos perfeição de ninguém." E foi assim que amanheci hoje com um belo céu azul e um mar azul de aquarela para apreciar. Sem ficar procurando perfeição nas pessoas, nas amizades, nas adaptaçôes de livros para cinema. E para não dizer que só aqui aprendo a desenhar de outros ângulos "Claro que tem dias que não servem para nada, dias que ninguém nos surpreende, o trabalho não rende, e as horas arrastam-se melancólicas, sem falar naqueles dias em que dá tudo errado: batemos o carro, perdemos um cliente e o encontro da noite é desmarcado. Pois estou pra dizer que até a tristeza pode tornar um dia especial, só que não ficaremos sabendo disso na hora, e sim lá adiante, naquele lugar chamado futuro, onde tudo se justifica. É muita condescendência com o cotidiano, eu sei, mas não deixar o dia de hoje partir inutilmente é o único meio de a gente guardar com entusiasmo o dia de amanhã." Quer ler a crônica toda? Está no livro Non-Stop de Martha Medeiros. Crônica "Antes do dia partir."
Não sou perfeita. Preciso estar conciente disto sempre. E se isto não for possível, pedir ajuda de alguém para que pelo amor de Deus me hipnotize. Só assim posso ser feliz e deixar os outros serem felizes também. Gente, posso estar bem errada escrevendo isto aqui mas salvei meu dia hoje...

Para visitar hoje:
Alessandro Martins, Djabal, Carol Costa, Nadja e Pablo.

quinta-feira, 1 de maio de 2008

Atmosfera...


Existe um blog chamado Atmosfera. As pessoas descrevem como está o tempo no exato momento em que estiverem comentando. Achei muito interessante, porque estava lendo um livro da Martha Medeiros, Montanha Russa e na primeira crônica:"O calor e o frio dos outros" ela descreve a necessidade das pessoas mencionarem o tempo. Seja por e-mail, carta ou livro. Acrescento aqui, msn, sype e outras formas de comunicar. A princípio, ela diz que não compreendia esta necessidade, mas que depois percebeu que era uma forma de aproximação eficaz e eu acrescento que muito eficaz. Fico por exemplo muito tempo no ponto de ônibus. O danado demora de chegar e qual o comentário ou a pergunta básica? Sobre o tempo. Ninguém se recusa a responder. A não ser os mal humorados. Pela crônica, percebi que sou uma pessoa ensolarada. Ah, sou mesmo. Do mesmo jeito que sou uma "otimista de plantão". E o que mais? Vou transcrever o final da crônica para você perceber como Martha consegue desenhar com as palavras tudo aquilo que estamos pensando. "Não sei se você está lendo este texto na beira da praia ou embrulhado num cobertor. Não sei onde você está. Não sei se há um temporal se armando ou se está um daqueles dias cinzentos que provocam melancolia na gente. Se eu soubesse, talvez soubesse um pouco de você. É um mistério que a natureza não explica: nossa necessidade de localizar o outro climaticamente. Relutamos em perguntar: você está deprimido hoje? chorando muito? com vontade de cometer alguma loucura? com saudade de alguém? Em vez disso, é tão mais fácil: como é que está o tempo aí?
Aqui, agora, chove, mas acho que vai abrir." Gente, não é perfeito? Se e gosto de Martha Medeiros? Sem dúvida. Meus filhos dizem que ela é minha amiga invisível. Dou risada quando digo que recebi um e-mail dela e eles não acreditam. Bom fim de semana ótimo feriado e crédito para a foto...

YouTube

Loading...