quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Meu perfume preferido...


Uma coisa que me incomoda é cheiro ruim. Me sinto invadida por ele e impotente, quando não posso sair imediatamente do lugar. Um elevador, por exemplo. De manhã cedo então, eca! Bom quando alguém está de banho recém tomado e com um perfume que te agrada. Um bom começo da manhã e uma sorte danada, pois tenho o olfato muito apurado e ainda por cima memória olfativa. Sou capaz de perceber no perfume as notas que não gosto e que fazem parte dele. Assim passei muito tempo usando lavanda de criança porque não encontrava um perfume que meu olfato aceitasse sem restrições. Até que um dia vi a propaganda do perfume da Lancôme, o Miracle. Comecei a desejar intensamente a ganhar um. O motivo? Tenho mania de adorar palavras e Miracle, fez o que o nome estava sugerindo. Então meu filho me deu um de presente. Gente, adorei. Perfeito. E foi assim que li no blog Alecrim Dourado, sobre o assunto perfume. Um texto muito bem feito e pesquisado. Fica aqui o link. Vocês vão adorar saber mais sobre perfume e onde Denise perguntou qual era o meu perfume favorito.
Uma outra coisa que me atormenta é ter um número restrito de perfumes que vão estar coerentes com o meu olfato apurado. Rs! E Olhe que tentei, me esforcei e acabei comprando perfumes que nada tinham a ver comigo. Perfumes caros da Armani que não consegui usar. Passava e em seguida, queria lavar com sabão ou mesmo tomar um banho. O que não ia adiantar. Como o perfume é importado, o fixador é muito bom, nada de sair o cheiro. Pois continuando com a historia de comprar perfumes inadequados, resolvi comprar um feito na hora com a essência da Giovanna Baby. Não deu outra. O trem ficou na minha pele e eu lavava e lavava. Com sabonete, shamppoo, detergente, sabão de côco, sabão de pedra. Nada. O pior foi que a minha roupa também pegou a inhaca. Jesus Cristo. Deu o que fazer para o cheiro sumir. Tenho até medo de ver a coisa que guardei na parte escura do guarda roupa. Como foi aconselhado. Vou olhar agora. Nossa! Que porcaria! Tenho que me desfazer disso. Preciso fazer uma promessa a mim mesma, para nunca mais me arriscar numa empreitada desta. Ah, para não jogar dinheiro fora. Porque é o que faço com estas experiências malucas, certo?

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Aprender é...


“A Natureza atinge a perfeição, mas o homem nunca. Há uma formiga perfeita, uma abelha perfeita, mas o homem é perpetuamente inacabado. É ao mesmo tempo um animal inacabado e um homem inacabado. Essa falta incurável de acabamento separa-o dos outros seres vivos pois, na tentativa de acabar-se, o homem se torna um criador. Além disso, a incurável falta de acabamento conserva-o perpetuamente imaturo, perpetuamente capaz de aprender e crescer.”
Eric Hoffer
Reflections on Human Conditione


Fico pesando nas pessoas que se recusam a aprender quando chegam a determinada parte da vida. Será que aprender é dolorido ou significa dor? Talvez aprendizagem significa mudança e mudar um processo dolorido. Sei não. Só suposição. Uma auto explicação para compreender o comportamento alheio. “Não quero aprender mais nada!” Você já ouviu isto? Eu já. Fiquei chocada. A conversa acabou e fui saindo de mansinho. Fui ver televisão. Hora de não pensar em mais nada... Partir para o plano B. Ah, nem me fale em ficar olhando o tempo ou como muitos dizem “para matar o tempo” e arrumam coisas para fazer, com esta intenção. Muito triste. Mas, não posso mudar o comportamento de ninguém. Embora acreditasse nisto piamente durante uma parte da minha vida. Coisa de quem está apaixonada. Isto vale outro texto. Deixa este assunto prá lá, neste momento. Vamos ao que interessa. Tenho paixão pelo aprender. Estou sempre pronta para ele. Não sabia quanto, até inventar de ter um blog. Gente, tem é coisa para aprender. Todos os dias. Um desafio que resolvi encarar, quando achei que ficar na Internet mandando mensagens para as amigas, não justificava estar tanto tempo “logada”. Dizia para meu filho que estava lendo notícias. Como assim? Isto não leva tanto tempo assim. Na verdade estava lendo e comentando em blogs. E isto leva mesmo um tempão, se você quer dar uma resposta à altura do que foi perguntado. Porque faz parte da “conversa” entre blogs ser inteligente nas suas respostas. Acrescentar algo ao que foi proposto, não é mesmo?

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Um pouco de lembranças...


Sábado passado Fui almoçar com meu filho e a namorada. O restaurante fica no edifício perto do condomínio onde morei durante 04 anos e fiz boas amizades. No jardim da praça, onde conheci Beth minha grande amiga, estava Margarida. Conversava com suas amigas. Lembro deste tempo e fico com saudades. Um local agradável, com muita sombra e uma pista para caminhar. Esta foto mostra um pedacinho do lugar, que não está tão bonito quanto era. Ou será que o enfeitei com pedaços de sonhos? Nunca se sabe. Os lugares onde habitamos nunca são do tamanho exato da realidade. Onde será que anda Helena e Rosa? Adorava a risada delas. As risadas das amigas nunca ficam velhas ou desgastadas. São lembranças frescas que nos acompanham pela vida afora. Boas de serem recordadas. São macias e perfumadas pelas boas horas que passamos juntas. Que bom pegar neste fiapo de lembrança e dividi-lo aqui com você. Que está invisível agora mas pode se fazer presente com um comentário. Isto não é fantástico?

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Blogagem Coletiva Abre Aspas.


“Entre aspas” “Poesia” poesia POESIA poesia...poesia...poesias...
Só lendo, escrevendo uma para se ter o contorno, o desenho.a vista frontal, lateral e os cortes precisos de uma...poesia...


Hoje dia de um espaço que você coloca no seu dia para ler, conhecer as possibilidades da poesia estar pela blogosfera. Mostrando as escolhas que cada um fez para desenhar este dia. Ponto final.
Escolhi Manoel de Barros em ENSAIOS FOTOGRÁFICOS – pág.49

O PROVEDOR

Andar à toa é coisa de ave.
Meu avô andava à toa.
Não prestava pra quase nunca.
Mas sabia o nome dos ventos
E todos os assobios para chamar passarinhos.
Certas pombas tomavam ele por telhado e passavam
As tardes freqüentando seu ombro.
Falava coisas pouco sisudas: que fora escolhido para
Ser uma árvore.
Lírios o meditavam.
Meu avô era tomado por leso porque de manhã dava
Bom-dia asos sapos, ao sol, às águas.
Só tinha receio de amanhecer normal.
Penso que ele era provedor de poesia como as aves
E os lírios do campo.

Esta blogagem coletiva foi organizada pela Lunna do Aqcua...
.

domingo, 26 de outubro de 2008

Continuando o assunto café...




Para não ter dúvidas com as fotos: estas são as xícaras de café. A que publiquei no post anterior era de chá. Desculpem o engano. Obrigada! Um bom cafezinho para depois do almoço de hoje...

E o café nosso de cada dia?...


Sobre o café, existem inúmeras opiniões. O site da Embrapa é um bom lugar para se pesquisar. Uns contra outros a favor. Então achei melhor saber mais sobre o assunto. No site “Café e Saúde” você encontra uma lista maravilhosa. Foi preciso sair rapidinho de lá. Sabe como é? Uma infinidade de assuntos que sempre queremos saber. Como: Preconceito, Antioxidante, Dependência, Excesso, Diabetes, Coração, Doenças degenerativas, Obesidade, etc e coisa e tal. Não queria sair de lá. Tem também “Famosos consumidores” e lá está Voltaire, Goethe e Romário. Pois é. Também num assunto sobre o “Sabor do café”, no site da Abic, “Receitas” de todos os tipos e qualidades. Muito, muito bom. Adoro café, pode-se dizer que sou suspeita para escrever sobre o assunto, mas antes de tudo, sou consciente. Informações são necessárias e vitais para quem deseja ter uma opinião acertada sobre o assunto. Ou pelo menos aberta a novas pesquisas. O café fotografado é orgânico e sem açúcar. Feito com 1/2 litro de água mineral sem ferver e coado em filtro de papel. Tudo nos conformes...Ops! nem tanto assim. Coloquei a foto de uma xicara de chá, mas em seguida publiquei a verdadeira chícara de café. A "xicrinha de cafezinho"...

sábado, 25 de outubro de 2008

Cortando as unhas de May...



O dia amanheceu esta maravilha hoje. Fui caminhar, claro. Encontrei com Edy e contei a ela o que aconteceu comigo ontem, levando May para cortar unhas. Ai, ai! Como tem um petshop aqui por perto liguei marcando. Não tendo a bolsa apropriada perguntei como fazer. A atendente, me explicou que enrolasse numa toalha. Então com May toda enrolada numa toalha azul bebe, lá fui eu pela rua afora. Um calor danado(ia usar o termo baiano, mas deixa pra lá). Fui a pé com o embrulho azul, miando. No ponto de ônibus, a menina disse "Parece um nenê" e eu subindo um morro. Com o barulho do carro, ela ficou doidinha e queria pular do meu colo. Imagine só a situação... Finalmente consegui chegar.Ufaaa! Na volta, com as unhas cortadas, outro sofrimento. May estressada com o barulho do trânsito e eu sem saber como segurá-la. Quer saber? Outra desta nunca mais. A pé então, tô fora! Rsrsrs!

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Como parei de fumar...


Lembro como se fosse hoje o dia em que parei de fumar. Isto faz mais de 10 anos. Não me tornei uma ex-fumante chata, mas minha comadre de dizia que só faltava agora virar Budista e parar de comer carne.Hehehe! Até que parei de comer tanta carne e ainda não me tornei Budista. Bem, o objetivo começou a ficar claro para mim, quando cheguei a conclusão de que só estava tendo umas respostas nada convincentes para o meu, vamos dizer, problema. Comecei então a me perguntar "Para que estou fumando?" e as respostas não eram variadas. Eram do tipo "Para relaxar", "Para não me sentir sozinha", "Para não engordar". Caramba! Não acredito que só estas três respostas, estão sustentando um vício que está me deixando mal comigo mesma. E todos os dias me fazia a mesma pergunta e comecei "a me observar". Sabe como é? Então, qual a hora que mais gosto de fumar? Eu me perguntava. A resposta vinha de imediato: "Depois do almoço, logo após um cafézinho." Então lá ia eu fumar na escada porque meus filhos pediram para que não fumasse dentro de casa. Ficava lá "curtindo o veneno" Todo dia depois do almoço. Depois passei a negociar comigo mesma. Com o dinheiro do cigarro posso comprar mais livros. Vou ficar mais cheirosa, meus cabelos nunca mais vão ficar fedorentos. Minhas roupas vão ter perfume de roupa limpa e não de defumadas. O que fiz, na verdade, foi um auto-convencimento. E me senti desafiada a achar outras respostas para o meu próprio bem estar. Finalmente consegui ficar de bem comigo mesma. Porque antes com certeza, estava "de mal". E hoje ainda devo ter restos de fumo no organismo, mas tenho um imenso orgulho de ter vencido esta parada. Tenho sim.
Este depoimento eu ofereço a Joaninha, que está deixando de fumar.
Crédito para a foto, que bem poderia ser o desenho do Blog Linha.

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Sobre o Chá de amora...



Graça a minha vizinha, é muito antenada para assuntos de saúde. Sempre sei das novidades por ela. E uma das últimas foi sobre o chá de amora. De sua ação sobre os rins por ser diurético, queda de cabelo, obesidade e mais uma lista enorme de benefícios. Um que chamou minha atenção foi sobre a queda de cabelos. Fiquei muito interessada. Já tinha comprado uns 300 shampoos e nenhum resultado. Desesperador. As mulheres sabem o que é encontrar o travesseiro cheinho de cabelos e se sentir impotente. Ai, ai! Como estava fazendo tratamento para tireoidite, achei que esta poderia ser umas das causas, mas a Endocrinologista disse que não. Imaginem como me senti. Muito ruim. Resolvi pesquisar mais sobre a amora. Vi o video sobre a reportagem do Globo Rural, entrevistando o Sr Miura, mostrando sua plantação de amoras e falando sobre os seus befícios . Resolvi experimentar. Encontrei as folhas secas para comprar, fiz o chá e comecei a tomar. Gente, nem acreditei. Como em uma semana as quedas pararam. Estou muito feliz. Os outros beneficios ainda não sei. Este tenho certeza. Quando fico na dúvida vou escovar meus cabelos e suspirar aliviada...

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Presentes...


Ganhei um presente tão lindinho dentro de uma caixinha branca, escrito Felicidades. Então todos os dias penso em ligar agradecendo. O dia passa e lá se foi mais uma oportunidade... Quando os amigos me dão presente fico tão sensibilizada que acho um "Muito obrigada", não é suficiente. Sabe como é? Faltam palavras para descrever meus sentimentos e não sei como inventar outras para substituí-las. O meu presente, significa uma delicadeza. Tanta delicadeza, só se paga com outra maior. Então aqui vai um texto para pintar com as palavras, um quadro de aquarela com: Adorei, Telma! O que tem dentro da caixinha? Uma argola e um broche de strass...

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Mandalas...



Adoro Mandalas. Desenhá-las então melhor ainda. Este desenho foi feito há bastante tempo. Quando descobri um livro chamado O Autoconhecimento Através das Manda las-Suzzane F. Finchee ( A escolha das técnicas e cores mais adequadas para a criação de uma Mandala pessoal) Escolho o desenho que desejo fazer e em seguida a interpretação.
Escolhi a borboleta, então aqui vai a interpretação da autora:
"A borboleta é um símbolo de transformação devido ao seu dramático ciclo de vida. No início, ela é uma larva pouco araente, depois passa pela fase dormente da crisálida e por fim emerge como uma das criaturas mais belas da natureza..."
O livro descreve várias etapas a serem seguidas. Achei muito interesssante. Fiz muitos desenhos e me diverti com eles. Minha conclusão: não alcancei o objetivo do livro mas descobri muitas maneiras de combinar cores e fazer belas e inusitadas Mandalas...

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Um blog para a Nokia...


Estava conversando no msn com a Sam e ela me perguntou se eu já tinha votado no Conecting Art. Votei e logo depois fiz a pergunta que não quis calar na minha boca. "Que tal um blog para a Nokia?". Um espaço para que as pessoas contem suas experiências, como fiz neste post. Pensei então em escrever este texto. As pessoa têm experiências que possivelmente gostariam de contar, partilhar. Quem sabe esta não é uma boa idéia? Fica aqui a sugestão e o convite. Sabe como é? Um espaço onde pode usar uma aquarela interna e desenhar com suas emoções uma mensagem para os amigos. Vamos nesta?

"Acima de tudo, goste de si mesma!"...


Todos os livros de auto ajuda, vêm com esta proposta. Fácil de escrever e muito difícil de sentir. Então quando estou para baixo e sou uma pessoa otimista, quero resolver logo o problema. Compro um livro que me ajude a sair do buraco. Resolve? Não. Só me consola momentaneamente porque é uma resposta que alguém achou, elaborou e escreveu um livro. Com todas as dicas, conselhos e que ela descobriu, quando estava enfrentando o problema: baixa auto estima. Então publicam nas revistas, nos livros, textos enormes sobre o assunto. Se não acredito em mim mesma, estou um farrapo humano, vou acreditar piamente que as experiências e conselhos listados, irão me ajudar. E por que depois de certo tempo, apesar de seguir à risca todas as recomendações, continuo péssima comigo mesma? Acredito que o motivo é só um. Segui a respostas alheias. O conselho bem que poderia ser: "Faça um livro, um rascunho de como me livrar do mal estar de ser eu mesma. Como estar bem, dentro da minha própria pele." Minhas respostas podem não resolver o problema, mas devolvem a crença que preciso ter em mim mesma. Este é o início do caminho. E começo o meu dia assim: colorida pelo amanhecer desta segunda feira. Feriado...

sábado, 18 de outubro de 2008

Sobre o chá de salsa....



Tomei chá de salsa hoje e pude perceber que não é tão ruim. Ruim é chá de losna. Que é muito, muito amargo. Tem quem gosta mas amargo mesmo só o chocolate e café que gosto de tomar sem açúcar. Sobre o chá de salsa, foi mostrado na Jornal Hoje, da Rede Globo todos os seus benefícios. Quem se interessar mais pelo assunto, é só entrar no Google e digitar Chá de salsa que vai achar inclusive o vídeo.

Aqui está o endereço, para ler a matéria sobre o chá de salsa. Que fala do seu benefício contra a trombose. Então, leia mais aqui:
http://g1.globo.com/jornalhoje/0,,MUL803048-16022,00-S
ALSA+AJUDA+A+COMBATER+A+TROMBOSE.html

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

O amanhecer da minha janela...

Crédito para a foto.
Hoje fui caminhar pela manhã e olhem que dia lindo! Não pude resistir. Fotografei. Agora estou aqui registrando. Vi as amigas de caminhada: Ed, Sônia, Bernadete, Selma, Lúcia, Lurdinha, Tania e Noel. Voltei a caminhar. Tinha parado porque estava fazendo Pilates 03 vezes por semana e ficava muito cansada. O lugar onde caminho chama-se Lagoa dos Pássaros. Um lugar bonito mas que precisa de maiores cuidados.May está aqui no meu colo e estamos ouvindo Evanescence: "The Open door". Gosto do som da banda e acho que a gatinha também.Hehe!Acabei de ler o blog "Segundo Sonho" de Manuel Sá, onde ele narra suas aventuras no "busão". Muito bom. Outro blog que visitei foi o Palavras, do Frnklin Marques, onde li uma frase que me seduziu completamente "...as verdades seguem os horizontes." E o nome do blog? Muito bom. Estou terminando este texto e ela, a bonitinha(May), esta desmaiada de sono na minha cama. Gente, como dorme! Hoje de manhã, a TV estava ligada e começou a passar uma reportagem com barulho de tiroteio. Ficou assustada e correu para debaixo do sofá...

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Nokia: Conecting people...

No meu aniversário o ano passado, ganhei um Nokia 7370. Gente, não podia ter presente melhor. Fiquei muito
feliz. Só tinha um problema, não sabia como usá-lo. Rsrsrs! Melhor dar risada mesmo. Comecei dormir com o manual perto de mim. Melhor, andei grudada nele para ver se instruções me, eram passadas por osmose. Ai,ai! E aí me lembrei de um livro chamado Zen e a arte da Manutenção da Motocicleta. Nele, o autor critica a forma de como são inscritos os manuais. E diz também que as versões são tão mal feitas que ninguém consegue seguir as danadas das instruções. Bem, o que aprendi foi fazendo e fazendo
de novo. Meu filho se recusou a me ensinar. Sempre dizia "Não vai quebrar." Claro que não acreditei. Levei um ano para saber quase tudo . Aprendi sozinha. Acho que meu filho estava querendo me incentivar. Agora são poucas coisas que não sei usar. Ainda bem. E as fotos, nunca mais precisei pegar emprestado. Muito bom. E ontem a Sam me convidou para escrever minhas experiências com a Nokia e comentar sobre o Conect Art...Uma idéia incrível. eu apoio.

Blog Day Action


Hoje é dia do Blog Day Action e e o mundo se une através dos blogs para que cada um dê a sua contribuiçao, escrevendo e mostrando em seus sites sua visão pessoal sobre o assunto pobreza. Pois este é o tema para a edição de 2008. Assim podemos ver diferentes opiniões e visões. Uma variedade imensa delas. Para começar de algum lugar e completar o meu desenho interno a respeito da situação, começo com o significado de pobreza dado pelo Wikipédia. Mas o que conta mesmo é acreditar que posso agir de alguma forma, fazer alguma coisa do meu jeito.Por exemplo, estando sempre pronta para agir na comunidade, todas as vezes que for necessário. Esta disponibilidade em ajudar o próximo só é compreeendida como formas de ajuda, se alguém escreve ou fala sobre isto. Às vezes pode passar despercebido e deixamos de ajudar quem mais precisa. Sou uma pessoa bastante otimista e acredito que cada um pode ajudar de alguma forma e usando pouco as palavras, um pedacinho do sonho de Jonh Lennon. Imagine...

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Ganhei um Moleskine...



Alessandro Martins publicou em seu blog Livros e afins um texto sobre Moleskine. Aquele que se você conhece, já viu um ou viu fotografado e melhor ainda, com desenhos, pode ter certeza que vai pirar e enlouquecer os donos de papelaria, como fiz. Ninguém sabia o que eu queria e pior, faziam cara feia. Uma pena. Não se interessaram pelo assunto e os vendedores nem sabiam o que podia ser. Então, a namorada do meu filho me deu um. Nossa! Não pude a creditar. Adorei, mas não fiz o que Alessandro pediu: fotografar. Então, aí está o lindinho. Acredita que ainda não tive coragem...

Bem, o texto de hoje é para agradecer as pessoas que mais me ajudaram a começar: Alessandro e a incrementar: Sam e a Nadja. Obrigada, meninas! E tem mais. Hoje ao ler um texto no blog A vida como a vida quer, adivinhem o que tem lá? Um texto ótimo, muito bem explicado chamado Começando um blog. Tudo que eu estava procurando, para colocar no blog Linha e não sabia como fazer. Muito, muito bom. Recomendo para quem está no começo da viagem. Rs! Talvez se tivesse estas explicações, ao começar as coisas teriam sido mais fáceis. Mas, sei não. Quando comecei esta parada, não sabia nem selecionar e copiar. Minha comadre Lídice, cansou de me ensinar pelo e-mail. Dava todos os passos numerados. E nada. Ela tinha tido umas aulas de informática e queria me ensinar. Obrigada pela paciência, Li. E para me cadastrar nos sites? Jesus! Um sofrimento. Quando alguém me convidava para alguma coisa parecida, eu dispensava. Ainda bem que as maiores dificuldades foram transpostas. Sei que estou apenas no começo, mas aprender para mim é um desfio e eu encaro esta, ah se encaro.
E Alessandro, sempre que alguma dificuldade me atormentava, dizia "Não se incomode! Um dia você aprende." Obrigada pela crença em mim. Uma das últimas, foi com o Google Reader. Quando consegui fazer o Feed e o blog apareceu na tela, uma sensação tão boa me invadiu. Fiquei tão feliz. Sabe como é? Só dividindo, compartilhando para mais uma vez constatar que só se aprende, fazendo!

VARIEDADES & VARIÁVEIS: Música no Butantan

VARIEDADES & VARIÁVEIS: Música no Butantan

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Amigos e companheiros...




Esta é a Mel, a cachorrinha Lhasa da minha amiga Felina. Fui visitá-la hoje pela manhã e fiquei encantada. Ela tem também 02 gatas a Gatta e a Lya. Não são lindas? Acredito que se tivermos boas relações com os animais, também teremos boas relações com as pessoas.
Crédito para as fotos de Anny.

domingo, 12 de outubro de 2008

Livros...


Uma das coisas que mais gosto de fazer é ler. Acho que comprei este livro, quando morei em Belo Horizonte. Trabalhei numa livraria(ah meu Deus!) e o salário era quase toalmente gasto em livros. Livros tão bons que uso até hoje e releio sempre que preciso. Outro lia li um texto de Lunna no Acqua e me lembrei dele: A Redescoberta do Potencial Humano de Jean Houston - Ed. Cultrix. Vocês conhecem? Não? Descubram exatamente o que título do livro está dizendo. Tem assuntos maravilhosos. Vale a pena ou o dinheiro. Rs! Então, continuando o assunto, na página 73 do livro, tem o Exercício número 4: O Prazer e, depois alguns... Tempo: 30 minutos.
"Um dia, a título de experiência, pedi, a um grupo de amigos que estavam presentes, que fizessem uma lista de suas experiências e associações mais agradáveis. Depois de algumas risadas e ceticismo iniciais, eles me apresentaram a lista seguinte, tendo o seu entusiasmo crescido notavelnente à proporção que levavam a cabo o projeto. A amostra que se segue é uma verdadeira Arca de Noé de prazeres, uma aventura em terras esquecidas mas agora redescobertas, um banquete para regalar o corpo e cativar a alma:
Ficar deitado na praia ouvindo o barulho das ondas, com os dedos dos pés mexendo
na areia quente.
Enfiar-me entre lençóis secados ao sol e que acabam de ser passados a ferro.
Dar de mamar a meu filho no meio da noite, enrodilhada numa poltrona.
Descer num skate, a uma velocidade vertiginosa, a vertente de uma ladeira abrupta
abrupta."
Estes são os 05 primeiros. Faça a sua lista e venha me convidar para ler o que descobriu ou lembrou destes prazeres que você, um dia experimentou e esqueceu. A minha lista foi enorme, quando li o livro a primeira vez. Agora, posso fazer outra lista. É sempre bom ter boas lembranças. Então tá:
-Sentir o cheiro de curry dentro da vasilha onde ele foi acondicionado.
-Abrir o meu Moleskine, passar a mão por suas folhas e sentir o seu cheiro agradável exalando de suas páginas. E...

-Abrir um recipiente onde está guardado o chá de alfazema.
-Passar a mão nos pelos de May ou sentir seus pelos nos meus pés enquanto estou
cozinhando.
-Ver o azul do mar daqui da minha janela.
-Borrifar a colônia Giovanna Baby no braço, soprar e depois sentir o perfume.
-Passar cola na mão, deixar secar e depois tirar cada pedacinho.
-Levantar pela manhã e sentir o cheiro bom da manga amadurecendo na fruteira.

Ah, minha lista é imensa. E cada dia que passa descubro novas e lembro das que ainda estão presentes porque foram experimentadas, saboreadas e guardadas...

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Por do sol em Guanambi...

Crédito para a foto de Aixa.
Uma das horas do dia que parece a hora correta para uma introspecção. Uma viagem interna. Um olhar para dentro... Morei em Guanambi muitos anos e sempre tive um ecantamento pelo seu amanhecer e seu por do sol. Estas são minhas boas lembranças, desta cidade onde fiz muitos amigos, criei meus dois filhos e fui feliz enquanto durou...

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Uma visita...


Recebi hoje um convite da Kelli Pedroso para comentar no Blog dos Moinhos. Nossos assuntos em comum? Gatos, comidinhas e um post que fala sobre um jardim secreto. Adorei e indiquei. Crédito para a foto.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

May...


Achei graça quando Felina disse para que eu arranjasse umas caixas para May brincar. E não é que ela adora? Pois é. Agora ela tem caixa grande, pequena e adora ficar entrando e saindo delas. Você já apreciou um gato brincar? Não? Experimente. Vai entender porque as crianças sabem brincar com coisas que não achamos graça nenhuma e eles acham toda a graça do mundo...

sábado, 4 de outubro de 2008

Amanhecer...


Crédito para a minha primeira foto do amanhecer de hoje. Estou muito feliz. Ah, estas pequenas conquistas e aprendizados enfeitam o meu dia. Junto com as amizades e os bigodinhos de May nos meus pés! Tudo de bom. Perfeito para começar o dia. E uma das coisas que amo aqui em Salvador: o amanhecer e o entardecer. Belíssimos! Então fico observando que o melhor que posso fazer por mim é isto. Gostar do que faço, do lugar onde moro, das pessoas com as quais me relaciono. Isto faz a diferença, a grande diferença em todos os meus dias. Faz sim. E quando recebo comentários de pessoas simpáticas então, melhor ainda. É sempre assim? Claro que não. Tem os dias cinzentos, mas como sou ensolarada, ilumino-os com outro jeito ou com outro olhar. Sim, sou uma "otimista de plantão" e consciente disto. Acontecimentos não podem ser mudados, mas meu olhar sobre eles, sim. Ah, construir os meus dias com todas as Linhas imaginárias ou apenas de suporte para que eu possa navegar por aí e descobrir pessoas como Ed, que acabou de deixar um comentário. Ouvindo Erbie Hancock. Jazz, muito jazz. Só posso desejar a todos. Que tenham o amanhecer e o entardecer do tamanho do seu olhar, da sua capacidade de observar e desenhar com sua própria letra, tudo que for a seu favor e se deliciando com as diferenças...

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Poema...


"Não digas nada"

Não: não digas nada!
Supor o que dirá
A tua boca velada
É ouvi-lo já.

É ouvi-lo melhor
Do que o dirias.
O que és não vem à flor
Das frases e dos dias.

És melhor do que tu.
Não digas nada: sê!
Graça do corpo nu
Que invisível se vê.

Fernando Pessoa - Ele-Mesmo.

Um bom fim de semana para todos...
Crédito para a foto.

Um dragãozinho...

Crédito para a imagem.
Prometi colocar no blog a foto da camiseta com o desenho do Flávio. O "Só desenhos?" é o nome do blog dele. O endereço? Está na foto, certo? É só clicar na na foto ou no link. Rs!

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

May: a gatinha adotada...


Esta foi a primeira foto que tirei de May e foi no dia em que ela chegou aqui. Felina também tirou umas fotos dela, no dia em que veio fazer uma visita, como já contei aqui.
Então, fiquei muito assustada quando meu filho apareceu com ela aqui. Esperando minha própria adaptação acontecer. Isto mesmo, porque a minha primeira reação foi ficar com uma tosse seca e quase sem voz. Uma reação alérgica? Podia até ser, mas não foi adiante. Na verdade um desafio que enfrentei. Eu que nunca tive experiência com gatos de uma hora para outra, ter mais paciência e achar um lugarzinho no meu coração, para esta bolinha de pelos virou uma prioridade. A minha conclusão é que se aprendermos a ter paciência e amor aos animais, então podemos sim, ter mais respeito a nós mesmos e ao mundo que nos cerca. Amém!

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

YouTube

Loading...