sábado, 29 de dezembro de 2007

Music Therapy


Music Therapy, upload feito originalmente por Egg Head !.

As fotos tem o poder de dizerem tudo...e é tudo que esta foto diz neste final de ano e tudo que precisamos neste momento.

Hoje é sábado, 29 de dezembro contagem regressiva para a entrada do ano novo. Nada como sentar, respirar fundo, ouvir uma música e entrar em contato coma parte boa que existe dentro da gente...A música, a natureza podem nos ajudar a fazer isto.
Aos poucos vamos aprendendo, como funcionam, qual o melhor lugar, o melhor ângulo de se estar neste mundo. Isto tem a ver com um saber interno e com o que temos de bom, com lembranças boas. Tenho um álbum cheinho delas e existe mais espaço ainda no meu infinito. Sou sim uma "otimista de plantão" e me incomodo, preocupo com pessoas que desistem de suas possibilidades. Estar vivo e com saúde é tudo que um ser humano precisa para construir seu dia, seu sonho, seu objetivo, seu caminho.E ontem fiquei muito feliz. Uma amiga muito querida me disse toda alegre estar fazendo sua caminhada diária. Ela que odiava caminhar. Então é possível sim dar um outro significado a nossas vidas, nossas ações. Como cheguei a esta conclusão? Tive que enfrentar situações nada agradáveis. Fazer coisas que não estava acostumada a fazer e nem sabia.Isto se tornou um desafio. Tive que aprender a fazer e gostar do que estava fazendo. Então pensei, que tal colocar um outro significado por exemplo, em passar roupa? E foi assim que escolhi um dia da semana, conveniente e que mudava o "sabor"
do dia, para passar roupa. Como assim? Sempre detestei passar roupa, então resolvi encarar de perto. Como era mesmo que fazia? E aprendi com quem sabe, para obter um bom resultado. Isto é, passar uma roupa e não ficar com vergonha...E fui fazendo assim com tudo que tive de enfrentar. Penso também que isto é dar um crédito a gente mesmo. Não resolvi tudo, mas mudei minhas perspectivas e desenhei outras possibilidades, fazendo um resignificado com tudo que me acontece. Claro que tem umas coisas que fico arrasada. Custo a fazer um outra construção. Demora um pouco, mas acabo conseguindo. É como desenhar aquarela. Não posso ter o desenho inicial, mas posso criar outro melhor ou descartar se não gostar. Agora, acoisa mais difícil de enfrentar são as incompreensões... Próprias do ser humano, mas dar um outro sinificado a elas torna-se urgente...

8 comentários:

  1. Aninha,

    Vc me surpreende a cada post novo...é uma delicia ler vc...e um incentivo à redescoberta de nós mesmos.
    Obrigada!!!
    Um beijo grande nessa tarde morna de sábado...

    Nilda

    ResponderExcluir
  2. Obrigada vc, Nilda! Muito bom saber que gosta de ler o que escrevo...
    Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Um bom ano para si, Anny, e obrigado pelo convite, mesmo sendo pouco provável que eu apareça por aí... ;)

    obvious

    ResponderExcluir
  4. Ah, Anny, se as pessoas pensassem assim como você o mundo seria outro... Tentar redescobrir as coisas, ver com outros olhos, buscar ampliar os sentidos, os nossos e os de tudo o que existe, é muito importante pra mudarmos a nós mesmos e aos outros. Li seu recado, meu e-mail é cristina4139@gmail.com
    Feliz Ano Novo! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela visita Obvious.
    Feliz 2008!
    Será sempre bem vindo.

    ResponderExcluir
  6. Olá Cristina:
    Obrigada pela visita. Que bom que vc acha assim. Acho que descobri este jeito pra caber melhor dentro da minha própria pele.
    Feliz 2008!
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ana, gostei muito deste texto e também dos outros. Hoje mesmo li que devemos fazer da nossa vida ordinária uma vida extraordinária e, confesso, estou me tornando uma craque nisso. :D Fico feliz que você também seja.
    Um 2008 de muita paz, luz, amor, diversão, realizações, felicidade.
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Olá Palpi:
    É sempre um prazer ter vc por aqui.
    O bom é que nunca cansamos de aprender,né?
    Bjos

    ResponderExcluir

Seu comentário é uma forma de conversa online.
Deixe sua opnião ou questione.
Não seja anônimo!
Obrigada.
Bem vindo!

YouTube

Loading...