terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Uma conversa pessoal...

O que você faz para ser feliz? Fala sério...Hoje caminhei pela manhã. Amanhã faço Pilates. É uma ginástica doida. Mental e física, para me sentir, bem dentro da minha própria pele. É por estas e outras que já quis mudar. Cor de cabelo,então nem se fala. E as dietas? Gente, o que já comprei de livros e revistas atrás delas. Das danadas das dietas. E quando é que isto começou? Ah, já sei. Depois que tive meu primeiro filho. Isto mesmo. Estava muito gorda e me sentindo péssima. E a minha mãe achou de me presentear com um espelho grande. Destes que você se vê inteira. Pura maldade...Fui imediatamente numa livraria para comprar um livro que me ensinasse como me livrar da gordura indesejada. Em vez de ir a uma nutricionista, médico ou especialista no assunto. Que nada. Estava com pressa. Consegui emagrecer os doze quilos que tinha engordado na gravidez. Uma dieta maluca, que nem me lembro como era. E isto é só o começo da história. Bem estava dizendo do Pilates. Faço três vezes por semana. Acho muito bom. Só está penoso é olhar pra meu corpo e pensar, que nunca mais vou pesar 52 quilos, nem que a vaca tussa, vire pelo avesso ou faça qualquer malabarismo. Meu corpo mudou. Minha idade mudou e meus pensamentos também. Ainda bem.
Outro dia, vi o programa Sem Censura na TVE, apresentado por Lêda Nagle,dizendo que o importante, é a mulher se sentir bem. Com saúde e contemporânea de si mesma. Muito bom. Concordo com a maioria das idéias apresentadas. Agora o lance de deixar o cabelo sem pintar? Todo branquinho? Qual é? Não é porque vai mostrar minha idade. É o trabalho que dá para mantê-lo assim,lindinho. Hoje fui cortar o meu. Fui experimentar a cabeleireira nova, um risco que ensaiei durante mais de uma semana. Estava cortando no shopping, mas ficou muito longe por causa de mudanças no trajeto. Melhor aqui por perto. Saio do Pilates direto para o lugar que toda mulher adora. Estava mesmo precisando de uma. Faz parte, né? Quando é preciso umas reformas mo visual, é bom ter onde recorrer. Gostei do corte. Cabelo curto, agora que é preciso estar sempre arrumada e pronta para começar...

9 comentários:

  1. Escrevi este post pensando nas coisas que faço pra me sentir feliz, no dia dia. Aquele bem estar comigo mesma. O gostar de olhar no espelho e gostar do que está vendo. E claro,com uma pitada de bom humor...

    ResponderExcluir
  2. Um bom motivo para escrever, Anny. A busca pelo bem-estar. Em tempo: prefiro mulheres de cabelo curto, vc fez bem!

    ResponderExcluir
  3. O que me faz feliz é tomar banho de chuva e enxergar que o futuro feliz tá chegando de verdade ;)
    E definitivamente mudar o visual faz um bem danado, né?
    =*

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pela visita Inagaki.

    ResponderExcluir
  5. Anninha!!!!
    Sentir-se bem é a coisa mais acertada que fazemos em toda nossa vida, é uma pena que temos muito o que lutar e passar antes que esse aprendizado seja internalizado. Mas um dia vai.
    Sobre o cabelo... não dizem que ele é a nossa moldura? Quem foi que disse que a moldura não tem que estar impecável? Adoro quem adora se cuidar e se gostar.
    A busca eterna da felicidade é feita sim de coisinhas pequenas, mas que fazem toda a diferença!
    Bjs Linda!!

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Ana Elisa pela visita e pelo comentário. Banho de cuva, ah...muito bom e quanto ao futuro,fico feliz co a sua felicidade. O visual, este é o nosso cart~~ao de viaita, né lindinha.
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Obrigada Kiara, pelo comentário. É isto. Cada um tem suas prioridades, pra cuidar de si mesmo, pra se fazer feliz no dia a dia. Coisinhas miudas,que fazem a diferença.
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Anna
    tb cortei o cabelo, curtissimo, quase no mesmo dia! (risos)
    Já falei sobre a Grey War no meu blog, porque gosto de meio termo e liberdade, não gosto de ser obrigada a manter o que a sociedade impõe.
    Gostei do comentário, vou colocar o link lá no post Que padrão de beleza é este?
    Abraços
    Sam

    ResponderExcluir
  9. Obrigada pela visita e pela citação.
    Acraço

    ResponderExcluir

Seu comentário é uma forma de conversa online.
Deixe sua opnião ou questione.
Não seja anônimo!
Obrigada.
Bem vindo!

YouTube

Loading...