domingo, 16 de dezembro de 2007

Um canto no mundo


balade en Lozère - 4, upload feito originalmente por Marcello14.

Quando fui projetista, um dos desejos foi projetar o meu canto no mundo. Consegui fazer alguns croquis e um projeto completo que jamais se tornaram realidade. Uma casa em estilo mediterrâneo. Nem me pergunte porque fiz esta escolha. Talvez por causa do lugar onde morava. Minhas escolhas, a maior parte do tempo são bem coerentes. E agora esta casa da foto, me lembra a primeira casinha que desenhei, quando criança. O caminho então, é perfeito. Caminhos estão sempre em meus desenhos, aquarelas, palavras ... Uma casa de pedra, foi uma das minhas fantasias preferidas, durante um intervalo de tempo. Algum medo, podia estar me revolvendo com pesadelos. A única saída foi fazer uma construcão que envolvesse pedra, para me sentir protegida do lobo mau.Rs! Tem sempre um lobo mau nas historinhas de criança. E nas minhas também. A minha vingança, foi quando surgiu aquela música "Mas chapeuzinho ouviu os conselhos da vovó, dizer que não pra lobo. Porque com lobo não sai só." Meus pesadelos acabaram como num passe de mágica. Muito bom. Depois, nem era mais projetista. E descobri " A Poética do Espaço" e Gaston Bachelard me proporcionou maior liberdade para um devaneio completo com Casa e Universo, pag 55 Capítulo II. Aí, sim fui capaz de fazer os meus melhores projetos. Eu que nem sou, mais projetista, nem Arquiteta e muito menos Engenheira Civil. Projetos perfeitos na construção de meus próprios sonhos e pesadelos também.(rs!) Sou completa. Tá pensando o que? E lá fui eu habitar minhas casas nas montanhas, na praia, na reserva florestal, a útima que está emprestada para minha amiga Nilda... Bem que eu poderia passar uns tempos nesta casa de pedra. Parece um lugar seguro. É vou me mudar hoje. Pelo menos uma temporada. Vou aproveitar e desenhar, escrever, ler e receber os amigos nos fins de semana. Pessoas são complicadas, mas adoro tê-las por perto...

15 comentários:

  1. E lá estou eu me mudando de novo... Isto não incomoda mais. Depois que vi uma entrevista com Zeca Pagodinho, dizendo que não tinha onde morar, só na sandália dele...Compreendi que onde quer que estamos, levamos junto sandália, sonho, desenho, lápis, borracha, papel, tinta, caneta e construimos tudo de novo. Zeradinho...

    ResponderExcluir
  2. Casa de pedra. Para mim dá uma impressão de eternidade que jamais conseguiremos atingir. Algo parecido com o absoluto, o seguro, o inexpugnável. Tenho um amigo que construiu a sua muito parecida com a sua, no alto de um morro no Espírito Santo. É uma beleza de se ver, tem caminho e tudo mais, que a infância exige. Vida nova na casa nova. Felicidades. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela visita Djabal. É uma casa de pedra, mas o coração é de papel de aquarela. Para nele fazermos lindas paizagens que o lugar oferece...
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Amiga, casas pra mim são sempre simbolo de segurança também. principalmente assim, as "projetadas", elas sempre vêm com um que de felicidade a mais...
    Adorei o txto. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela visita Kiara.
    Gosto de criar meus cantos no mundo...Uma forma de brincar com a minha imaginação e com a do leitor também.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  6. Muito simbólico isso que você escreveu, Anny, um lugar no mundo é o que todos queremos. Uma casa de pedras parece segura mesmo, o lobo pode soprar à vontade que ela não cai, mas aprender a dizer não pra ele talvez seja melhor, o problema é se o lobo resolver não escutar o nosso não e a gente tiver que aprender a dar uns tabefes nele, mulher é péssima em aprender essas coisas, então o jeito é correr, igual aos três porquinhos. Misturei as hitórias pra brincar um pouco, achei interessante a sua fala sobre o lobo mau. Que você sempre ocupe um bom lugar no mundo, sem pesadelos, se sentindo em segurança, mesmo que a casa não seja de pedras! E tenha muita história pra contar...

    ResponderExcluir
  7. Oi Critina:
    Sempre gostei de escrever. E vc sabe, sempre há uma mistura de relidade e ficção no que escrevemos. Dizem, que se vc acredita no escreve e gostam do que escreveu, está feita a mágica. Simples assim. Não sei se é bem isto, só te afirmo que,ler e escrever me orienta, me dá um rumo, um norte. Então nada melhor do que escrever e ler...
    Obrigada pela visita e vc faz meus textos ficarem ótimos.Rs!
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Dai disse...


    Ah, minha linda amiga, me leve hehe

    Lindo post. Você é mesmo completa, dessas pessoas que eu adoro ter por perto ;)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Obrigada pela visita Dai. Venha me visitar. Numa casinha lindinha dessa, temos muitos assuntos pra conversar, chás pra tomar bolos para comer...Uma festa.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  10. Toc..toc...estou chegando Aninha...não sou tão complicada assim...vc já me conhece bem...
    Vim para seu aniversário!Não poderia deixa-la só nessa imensidão de casa...ainda mais hoje!
    Vamos fazer um chá ou uma das nossas velhas farras? rsrsrsr
    Pode escolher que topo...hoje é seu dia e vc está de casa nova...VC MERECE!
    Beijos e abraços...

    ResponderExcluir
  11. Nilda querida, que boa idéia. Devia ter convidado meus amigos para vir aqui. Nem lembrei disto. Vou colocar o aviso no Orcut.Rsss! Festa até de manhã. Ou então dormir cedo pra ver o amanhecer. Muito bom!
    Adorei! Obrigada. Beijos

    ResponderExcluir
  12. Passei pra tomar chá com bolo,mas acho que já estava tarde...Não faz mal,sua casa é linda e aconchegante como vc. Amei! Sou fãzona mesmo de tudo que vc faz com
    todo esse carinho.
    Gde beijo,e mais uma vez,PARABENS QUERIDA!!!DEUS lhe proteja e Ilumine,para sempre,Amém!

    Cris.

    ResponderExcluir
  13. Oi Cris:
    Acabou nada. Sempre há lugar para os amigos. Serão sempre bem vindos. Vcs são o presente que pedi a Deus, num amannhecer e num entardecer. Duas horas mágicas para se fazer uma oração e alcançar a graça. Obrigada por vcs existirem.
    Bjos pra todos.
    Apareçam sempre. Olhem como estou feliz! Lá rá rá!(eu cantando)Rs!

    ResponderExcluir
  14. É muito agradável projetar casas,principalmente a nossa. Se são construidas ou não, pouco importa. Faz parte de nossos sonhos. Viver sem sonhar não tem graça.É como construir em terreno árido.

    ResponderExcluir
  15. Querida Edyne:
    É sempre bom ler seus comentários. Realmente, viver sem sonhar é muito ruim. Foi o que aprendi com as minhas experiências. Obrigada e volte sempre.
    Bjos.

    ResponderExcluir

Seu comentário é uma forma de conversa online.
Deixe sua opnião ou questione.
Não seja anônimo!
Obrigada.
Bem vindo!

YouTube

Loading...