terça-feira, 20 de novembro de 2007

"Eu não procuro - encontro."

Melhor me conformar com a situação e tansformá-la a meu favor. Encontrei esta frase, numa reportagem sobre Pablo Picasso. Ele teve várias mulheres. Inventou a frase para explicar a presença delas em sua vida. É isto. Às vezes, as frases explicam outras complicam ou não dizem nada. Reparei, no quanto as minhas crenças estão condicionadas a frases. Dos outros. Na verdade, estou sempre querendo entender o mundo, as pessoas, os comportamentos. Quero uma resposta. Fiquei condicionada a sempre ter uma resposta. E a ansiedade piorou a coisa. Cada vez, respostas mais rápidas. O tempo está passando... E aí, resolvi que é tempo de parar com isto. Para ter uma resposta inteligente e satisfatória, não posso querer ter sempre à mão, uma resposta rápida a cada situação. É preciso ver as possibilidades, compreender a sitiuação e só então dar a resposta. Minha resposta. Que pode estar correta ou não. Este é o risco. Claro que ninguém quer errar.
O medo de errar me faz copiar a resposta alheia. E começa aqui uma história muito doida. Bem, aprendi e fui hipnotizada pra sempre, sobre o risco de colar e copiar nos testes e provas, quando entrei na escola. Foram muitos anos exercendo tal ensinamento. O que acontece agora? Preciso colar e copiar. Ai, ai! E agora? Estou bloqueada. Por mais que me ensinem, escrevo cada passo. Religiosamente, sigo as instruções e... vou dar no lugar errado.Rs! Ah, não sei mais como agir agora.Tenho de
descobrir uma outra maneira de aprender o que toda criança já sabe ou sei lá, já nasce sabendo. Será?
Estava procurando uma imagem para colocar no post. Como ainda estou aprendendo a utilizar os recursos disponiveis, isto é, não nasci sabendo, as coisas vão dar em outro caminho. Foi preciso desenhar com palavras. E chegar aqui.

10 comentários:

  1. Amiga, adorei o post. Lembrou-me Lispector dizendo que "viver ultrapassa qualquer entendimento" (não lembro de cabeça se é assim mesmo a frase..).
    Mas adoro quando as palavras vêm, assim, meio sem querer, do "nada", gosto quando elas vêem dançando, e melhores quando veem desenhadas....

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Anny, eu sou palpi de palpiteira. :) Mas como acesso o blog diariamente e queria ter um estímulo visual, escolhi o "quem procura, acha" numa alusão a que vou encontrar tudo o que procuro. ;) Isso faz com que eu me sinta bem.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Obrigada Kiara.
    Tem sempre palavras bonitas para distribuir.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pela visita Palpi. Na verdade, até que é bom pensar assim.
    E é sempre bom encontrar o que procuramos, né?
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Anny querida,
    eu sempre acho que o melhor a fazer é sempre parar, analisar as opções e só assim fazer uma escolha. Faço isso com tudo, mas ainda não aprendi a engolir a ansiedade que me faz agir por impulso.
    beijocas, flor

    ResponderExcluir
  6. Gata, obrigado pelo comentário

    eu acho que a música que você disse era a "aquarela do brasil" , sim, ela repete muito, mas eu nunca ouço, então tomo a liberdade de colocá-la as vezes.

    Sobre a frase, eu não lembrava se era salvador dali ou pablo picasso que tinha dito isso, na verdade é algo como "eu não procuro, eu acho" mas é o mesmo sentido, já falei disso no blog. mas aconteça e deixe acontecer, a vida é assim mesmo

    meu blog é um quê entre o sério e o engreçado, não é como o da paula, muuuuuito mais engraçado, mas eu chego lá


    beijos linda

    ResponderExcluir
  7. Não é preciso ter medo de errar. Arrisque.Afinal, viver já é um risco. As pessoas crescem com suas própias experiências, tropeçando e levantando.São os tropeços da vida que levam ao fortalecimento interior.

    ResponderExcluir
  8. Obrigado pela visita no Nossa Via e quem vai linkar sou eu, adorei a linha.
    Abraços
    Sam

    ResponderExcluir
  9. Oi Samantha:
    Adorei sua visita, seu comentário e o link na sua página. Por isto que é bom sempre andar em boa companhia.Vou contar a história.
    Bjos.

    ResponderExcluir

Seu comentário é uma forma de conversa online.
Deixe sua opnião ou questione.
Não seja anônimo!
Obrigada.
Bem vindo!

YouTube

Loading...