sexta-feira, 24 de abril de 2009

Trouxeste a chave?


Trouxeste a chave?...
Esta é a pergunta no poema de Carlos Drummond de Andrade. E pensando bem, precisamos de uma chave, uma senha, uma palavra mágica para abrir a porta. Ou começar um diálogo...
Gostei muito desta pergunta porque uma chave pode ser inúmeras coisas. Esta variedade me faz ficar pensando nelas. Por exemplo, um sorriso. Quer chave mais simpática e terna? Não temos como expressar isto numa escrita. Nem sorrisos e muito menos uma boa gargalhada para dividir o bom humor. Os ditos “miguxos” inventaram o kkkk! (gargalhadas) e o hehe! ( uma risadinha mais cínica). No MSN temos os recursos dos desenhos coloridos. E até descobrir que não é de bom tom colocar isto nos textos, usei e abusei deles. Fazer o que ? Já foi... Mas vamos entrar num acordo que escrever (risos) quando você quer dizer que achou graça, também é muito estranho. Pior ainda é escrever como se fosse numa história em quadrinhos. Mas deixa isto para lá. Gosto de chaves inusitadas para abrir uma porta, começar uma conversa. Qualquer uma delas pode chegar até o outro e isto é que é a grande mágica. Quer dizer, ver o outro pois existe uma queixa de que há um afastamento entre as pessoas. Pessoas com problemas de relacionamentos humanos sempre existiram e vai existir. Não precisa bode expiatório para isto, mania de procurar culpado. E não responsáveis o que seria uma forma mais equilibrada e adulta de lidar com as situações.
Não tenho sugestões, nem receitas caseiras capaz de resolver este assunto, mas garanto que rir de si mesmo é uma forma de se aproximar do outro e de si mesmo. Quem sabe isto seja uma chave? Se não for, pelo menos é motivo de começar uma conversa:”Sabe, estava ali, rindo de mim mesma, procurando a chave da porta dentro da geladeira...Pode?”...
E quando encontrei um blog com este nome, tive que achar uma chave. Tive sim. A dona? A Clarinha, que achou pessoas que trouxeram a chave e fez uma lista delas. Achei tão delicado e poético..

10 comentários:

  1. Cada um sabe a chave que lhe abre né?... Mas eu aposto no sorriso!...

    Beijinhos e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  2. Carmem:
    Concordo com você. O sorriso é uma chave poderosa. Também aposto nela.
    Obrigada pelo comentário.
    Beijos.
    Boa semans!

    ResponderExcluir
  3. Milton:
    Esta é uma palavra mágica, que habita as histórias que ouvimos qundo criança. Mas pode funcionar. Principalmente se a pessoa não estiver esperando.
    Beijos,
    Anny.

    ResponderExcluir
  4. Temos chaves especiais ou fabricamos uma. Que pode até ser dizer surrado, batido e possado a ferro. De tão antigo. Mas pode funcionar não é mesmo?

    ResponderExcluir
  5. lindo post... Trouxe a chave, Anny???
    gostei muito.
    ps.: não sabia da história das carinhas e emoticons que adoro usar no meu blog..risos...
    bom, no final das contas, o blog é meu, né??? E ele tá mais para diário do que para um verdadeiro blog.. Mas um dia ainda aprendo! Lendo e aprendendo!!! ehehehe
    http://twitter.com/Popysp

    ResponderExcluir
  6. Anny, muito obrigada!
    E a delicadeza e poesia são suas! :)

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  7. Clarinha:
    Obrigada pelo comentário delicado.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir
  8. Popys:
    Também não sabia.
    Vivendo e aprendendo.(risos)
    Obrigada pelo comentário.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderExcluir

Seu comentário é uma forma de conversa online.
Deixe sua opnião ou questione.
Não seja anônimo!
Obrigada.
Bem vindo!

YouTube

Loading...